• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Sindicatos ameaçam com manifestação nacional para exigir aumento salarial em Cabo Verde

O SISCAP ameaçou hoje que caso o Governo não atender às reivindicações dos trabalhadores, os sindicatos irão promover uma frente comum para exigirem a reposição do poder de compra e melhoria de condições de vida dos cabo-verdianos.

Santa Catarina: Profissionais de várias áreas da câmara iniciam hoje greve de três dias

Os profissionais de várias da câmara de Santa Catarina, interior de Santiago, cumprem hoje o primeiro de três dias de greve, para exigirem o cumprimento do compromisso acordado sob medicação da Direcção-geral de Trabalho desde 2020.

Sindicalista acusa governo de condicionar greve de vigilantes na cidade da Praia

A manifestação dos vigilantes da segurança privada promovida pelos três sindicatos que subscreveram a convenção colectiva do trabalho, não teve a adesão esperada na cidade da Praia. O presidente do SIACSA, Gilberto Lima, disse que o comunicado divulgado ontem pelo Governo baralhou os vigilantes que preferiram não sair às ruas, ao contrário do que aconteceu em São Vicente e na ilha do Sal.

Trabalhadores do INE lançam pré-aviso de greve

Os trabalhadores do Instituto Nacional de Estatística vão realizar na sexta-feira, 29, uma manifestação pacífica em frente à sede da instituição a exigir a regularização das carreiras profissionais.

Trabalhadores cabo-verdianos perspectivam manifestação nacional em Janeiro

Um grupo de 12 sindicatos nacionais decidiu marcar para Janeiro de 2020 uma manifestação a nível nacional para reivindicar as promessas feitas pelo Governo e manifestar a insatisfação face a situação socio laboral e político sindical no país.

Sindicatos suspendem greve dos vigilantes em protesto contra requisição civil decretada pelo Governo

Os sindicatos que convocaram a greve nacional de 72 horas dos agentes de segurança privada, iniciada ontem, 17, decidiram ao final da tarde suspende-la a partir das 00:00 de sexta-feira, em sinal de protesto contra a requisição civil decretada pelo Governo, que, com a medida, passa a “expor os trabalhadores a serem alvo de perseguição e processos disciplinares ou civis”.

Sindicatos confirmam greve de 72 horas das empresas de segurança privadas a partir desta quinta-feira

A falta de consenso entre os sindicatos e a Associação Nacional das Empresas e Segurança Privadas, na reunião de “conciliação” realizada esta segunda-feira sob a mediação da Direcção-Geral do Trabalho, não evitou a greve de 72 que já estava agendada para esta quinta-feira, 17.