• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

“Partido que executa contragolpes e acusa sem factos não tem moral para mandar pedir desculpas” – vice-primeiro-ministro

O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças disse hoje que um partido como o PAICV, “que executa contragolpes, acusa sem factos e usa palavra duras” na sua comunicação política “não tem moral” para exigir pedidos de desculpas.

Siacsa diz que “algo não está bem” quanto à presença de trabalho digno em Cabo Verde

O presidente do Sindicato de Indústria Geral, Alimentação, Construção Civil, Serviços (Siacsa) disse hoje que para que houvesse um trabalho digno em Cabo Verde seria necessário respeitar, minimamente, as condições de vida e trabalho de cada indivíduo.

MORDIDA VENENOSA? Que seja. Antídoto existe para tudo

Sua excelência, Senhor Presidente da República não pode, constitucionalmente, vetar o OE, mas pode e deve o homologar com ressalvas e reservas públicas. Enquanto Chefe do Estado deve ser o garante moral-mor dos procedimentos e decisões que são alçadas em nome do Estado. Se ao homologar o OE, através de uma declaração pública, der uma boa mordedura ao instrumento, por mais venenosa que esta venha aparecer, estará, numa outra perspectiva, a fazer jus do seu poder de magistratura de influência em matéria da racionalização da máquina pública pela via do reajustamento...

José Maria Neves diz que Justiça continua a ser lenta e pede “reflexão séria e isenta”

O Presidente da República reconheceu hoje que a Justiça no país evoluiu positivamente, mas continua a ser lenta, colocando em causa os direitos dos cidadãos, e pediu uma “reflexão séria e isenta” sobre as várias reformas legislativas.

O povo é ingrato

E há uma coisa que, às vezes, o Povo não leva em conta ou, simplesmente, não se apercebe. Que quanto mais Políticos saírem da cena ricos, mais famoso fica o País. Fica com mais um ricaço a constar da estatística. Não é por acaso que o País deixou de ser muito, "muito coitado" para ser "um País de "bóka stangu sustedu". Não sejam injustos, criaturas. Não sejam ingénuos como em tempo, um Primeiro-ministro, há mais de 30 anos atrás, perdeu o poder, depois de 15 anos, e só tinha 150 contos no banco. E nem tinha uma casa sua para morar.

Emigrantes investidores em Cabo Verde vão ter 'estatuto' com validade para cinco anos

Os emigrantes cabo-verdianos que investirem em Cabo Verde vão ter acesso a um certificado com o estatuto de “investidor emigrante” válido por cinco anos, acendendo a benefícios fiscais, conforme regulamentação apresentada hoje pelo Governo.

Urgências democráticas

Urge, acima de tudo, que o Parlamento zele pela justiça orçamental na afectação de recursos aos Órgãos de Soberania, todos eles, por igual e por inteiro, atentos, naturalmente, os mandatos constitucionais de cada um. Os encargos, repito. Outrossim, e melhor cedo do que tarde, é fundamental que as normas definidoras das bases organizacionais, e orçamentais do Estado venham, elas próprias, a estabelecer, de forma inequívoca e consequente, os modos de fixação dos recursos que a Nação coloca à disposição do Presidente da República para que possa cumprir, sem condicionamentos...