• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Arlindo Andrade escreve carta aberta ao Presidente da CM da Praia

Ex.mo SenhorPresidente da Câmara Municipal da PraiaPraça Alexandre Albuquerque, 108   Praia

Respeito e cultivo a democracia: Não parabenizo uma eleição ganha à base de crimes eleitorais

....assisti a compra de consciência de Jovens com álcool, drogas e dinheiro, por quase todo o Norte da Praia, seja durante o período eleitoral e, intensamente no dia da eleição, IMPUNEMENTE. Chegou ao ponto, de no dia das eleições um Candidato a Deputado estar a carregar pessoas em Vila Nova e Ponta d´Água, no seu automóvel pessoal, a frente das Autoridades, na maior normalidade, dando a sensação que tinha garantido a proteção das autoridades, que deveriam fiscalizar e fazer cumprir as Leis.

Cúpula do MpD elege Amadeu como alvo a ser abatido e instiga ao ódio e violência entre ilhas (video)

Num comício realizado ontem, 15, em São Vicente, na zona de Monte Sossego, bairro mais populoso da cidade do Mindelo, a cúpula do MpD, liderada pelo cabeça-de-lista ventoinha para aquela ilha, o Ministro Paulo Rocha, acompanhado do Presidente da Câmara Municipal, Augusto Neves, e pela Deputada Nacional Mircea Delgado, não escondeu que o adversário principal do MpD na região Norte é Amadeu Oliveira - candidato da UCID para a ilha do Monte Cara nas eleições de domingo, 18 - a quem apelidaram de ser "um gongon, um fugitivo da justiça, um desavergonhado e um confusento que só sabe...

Os “Coveiros” do Mercado de Coco. Ou de como a culpa morre solteira…

Três eminentes figuras do cenário político cabo-verdiano assumem a identidade de “Coveiros” de mais de um milhão de contos enterrados nesta que também é chamada de “Obra de Santa Engrácia” - Ulisses Correia e Silva, presidente do MpD e primeiro-ministro de Cabo Verde; Óscar Santos, presidente da Câmara Municipal da Praia até 20 de novembro de 2020, e atual Governador do Banco de Cabo Verde; e Alberto Melo, Beta, atual presidente da Comissão Política Regional de Santiago Sul do MpD. Em 2011 era Ulisses Correia e Silva presidente da Câmara Municipal da Praia, e foi ele o...

Boa Vista. Obras da Praça Santa Isabel arrastam-se sem data para terminar. Contrato de empreitada pode ser denunciado

Começou em setembro de 2020, com um prazo de execução de 10 meses, pelo que devia estar concluído em julho do ano em curso. Abril já entrou, e as obras arrastam-se a passos de caracol, sem data para terminar. A população da ilha está inquieta – as obras da Praça Santa Isabel assemelham-se a uma grande chaga escachada no coração da cidade de Sal Rei. A Câmara Municipal da Boa Vista, por sua vez, tem tentado aguentar a pressão, criou-se até uma comissão de inquérito na Assembleia Municipal para averiguar o andamento da empreitada, mas as informações são escassas e o...

Mercado de Coco. Mais de 1 milhão de contos já enterrados e sem data de conclusão à vista. Francisco Carvalho fala em “obra da vergonha”

Cerca de um milhão contos já consumidos, em 10 anos de construção, a obra do Mercado de Coco ainda vai longe da conclusão, tendo passado pelas mãos de 3 empresas de construção: Construções de Cabo Verde (CVC), Sogei e Consórcio Elevolution/Construção Barreto. Com orçamento inicial de cerca de 350 mil contos, esta “obra da vergonha”, como adjetivou o presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, já atingiu uma derrapagem financeira de mais de 300 por cento, prevendo-se que até 2030 poderá custar só em juros junto da Bolsa de Valores acima de 520 mil contos.

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE O PRONUNCIAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DA PRAIA

A Infraestruturas de Cabo Verde, SA, a exemplo do que tem sido a sua atuação junto às novas equipas autárquicas recém-eleitas (CM São Domingos, CM São Filipe, CM Mosteiros, entre outras), manifesta a sua total disponibilidade e abertura, em esclarecer à equipa da CMP, eventuais dúvidas, questões, mal entendidos ou insuficiências de informação que esta entidade possa ter, a fim de evitar infundadas declarações públicas que em nada abonam a favor da credibilidade e bom funcionamento das instituições de Estado, que se quer ao serviço do Cidadão e do País.