• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

PAICV exige do Governo informações sobre contrato celebrado com a empresa do Miguel Monteiro

O PAICV exigiu informações ao Governo sobre os contratos celebrados pelo Estado com a empresa It Solutions, da qual o deputado nacional Miguel Monteiro é sócio-gerente, como forma de “garantir transparência e rigor na gestão da coisa pública”.

PAICV acusa deputado do MpD de “uso de influência política” para “favorecer empresa de que é proprietário”

O PAICV acusa o deputado do MpD, Miguel Monteiro de usar a  sua  influência política para o fornecimento de prestação de serviços da sua empresa IT Solucions.

FMI aprova primeira revisão do programa de apoio a Cabo Verde

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou hoje, 30, que aprovou a primeira revisão do programa de apoio político a Cabo Verde, salientando que todas as metas foram alcançadas e que o desempenho do país “foi forte”. Mas ressalva que o impacto do Covid-19 na economia global vai ter um efeito adverso no PIB cabo-verdiano este ano.

Covid-19. PM anuncia linha de crédito de 4 milhões de contos para aumentar liquidez das empresas

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, anunciou hoje a criação de linhas de crédito com garantias do Estado, no montante global de quatro milhões de contos, destinada a reforçar a liquidez das empresas, durante a crise.

Covid-19. Ulisses anuncia Orçamento rectificativo até Junho

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, admitiu hoje, em entrevista à Lusa, uma “forte recessão económica” este ano, devido à pandemia da Covid-19, prevendo um Orçamento retificativo até Junho para mitigar a crise.

S&P mantém 'rating' de Cabo Verde em B com evolução estável

A agência de notação financeira Standard & Poor's (S&P) decidiu manter o 'rating' de Cabo Verde no nível B, mantendo também a perspetiva de evolução estável para a economia e antecipando um firme crescimento económico.

Olavo Correia. “O Estado conhece e bem o impacto da renúncia fiscal”

Olavo Correia respondeu esta terça-feira, 25, ao presidente do Tribunal de Contas, João da Cruz Silva, que havia revelado ontem que o Estado desconhece o impacto da renúncia fiscal na economia do país. O vice-primeiro ministro e ministro das Finanças diz o contrário e apresenta números.