• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Sondagem promovida pelo Centro Comercial Boas Compras. "Combater corrupção" venceu
Publireportagem

Sondagem promovida pelo Centro Comercial Boas Compras. "Combater corrupção" venceu

Combater a corrupção é o motivo maior dos inquiridos em optar por compras onlines, seguindo-se a eliminação da fraude fiscal e os riscos com depósitos e levantamentos, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

A sondagem foi promovida pelo Centro Comercial, Boas Compras, com sede na cidade da Sal Rei, Boa Vista, e visava saber o que motiva as pessoas a pretender fazer as suas movimentações financeiras via eletrónica e pagamentos onlines.

Lançada a 5 de maio, a sondagem esteve disponível por 15 dias, e contou com a participação de 338 leitores, com os seguintes resultados.

10.7% dos inqueridos alegaram que utilizam rede 24, Smartfhone e pagamentos onlines com o objetivo de combater a corrupção.

9.5% pretendem eliminar completamente a fraude fiscal, ou então para ganhar tempo e evitar riscos com depósitos e levantamentos nos bancos.

8.9% querem facilitar as investigações tributárias e criminais e 7.7% pretendem contribuir para eliminar roubos e assaltos a bancos e lojas.

7.1% querem combater o comércio ilícito como droga e outros tráficos e 6.8% pretendem evitar riscos de proliferação do vírus com o banco notas.

6.5% querem eliminar a necessidade de contar dinheiro nas lojas e 5.3% pretendem atrair mais investimentos externos e da diáspora.

5.3% querem obrigar o comerciante e prestador de serviços a faturar e declarar o montante total recebido.

5% pretendem garantir saudável concorrência entre as empresas comerciais ou garantir total controlo da gerência nas vendas.

4.7% pretendem contribuir para transitar o setor informal para o setor formal ou aumentar as receitas do Estado como IVA e IUR.

Apenas 2.7% dos participantes querem contribuir para aumentar as receitas do Estado como IVA e IUR, aumentar receitas para ver se o Estado reduza os impostos ou evitar um possível aumento do IVA, respetivamente.

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!