• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Primeiro-ministro garante “tudo preparado” para reinício das operações da Cabo Verde Airlines

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje aos jornalistas que está “tudo preparado” para o reinício, “muito brevemente”, das operações da Cabo Verde Airlines (CVA), companhia aérea com actividades suspensas desde Março do ano passado.  

Primeiro-ministro nega que medidas tomadas com relação a Cabo Verde Airlines sejam lesivas ao Estado. Fala em salvação da empresa

O primeiro-ministro refutou hoje que as medidas tomadas com relação a Cabo Verde Airlines (CVA) sejam lesivas ao Estado, explicando que o Governo está mais uma vez a salvar a empresa como fez em 2016.

PAICV acusa Governo de continuar a “enterrar dinheiro” na empresa Cabo Verde Airlines

O secretário-geral do PAICV afirmou hoje que o Governo “continua a enterrar dinheiro” na Cabo Verde Airlines (CVA), enquanto o accionista maioritário estratégico continua “a não assumir quaquer responsabilidade ou risco” no negócio.  

Parcerias Público Privadas. Setor dos Transportes Aéreos - 3.º Caso de Insucesso

A privatização da TACV concorre para ser o terceiro FRACASSO de PPP.

TACV. Governo garante que desfecho final da privatização será conhecida brevemente

O Governo garantiu hoje que “muito brevemente” os cabo-verdianos terão o desfecho final do processo de privatização da Cabo Verde Airlines, com soluções para que os transportes aéreos “venham a vingar” no âmbito do Hub Aéreo no Sal.

TACV vai fretar mais um Boeing. Governo já deu aval de 550 mil contos

Medida, já publicada no B.O., entra em vigor esta terça-feira, 23. São mais 5,5 milhões dólares (cerca de 550 mil contos) que o Executivo autoriza a TACV a contrair de empréstimo junto da Caixa Económica para fretar um novo Boeing a substituir o ‘Emigranti’, ao que consta, em reparação nos EUA.

Todos os aviões da TACV corriam o risco de serem arrestados

Ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, confirmou hoje, 4, uma suspeita que pairava no ar: afinal, todos os aviões da TACV corriam o risco de ser arrestados, disse José Gonçalves explicando que esta a razão pela qual o Governo decidiu avançar com as medidas que tomou.