Pub

sondagem001

Inquérito realizado entre os dias 3 e 6 de Novembro revela que os cabo-verdianos são de opinião que os partidos representados na Assembleia Nacional detêm um “desempenho fraco”. Numa escala de 1 a 10, Ulisses Correia e Silva obteve 7.6, acima da média.

Os resultados de um inquérito sobre avaliação do desempenho dos políticos revelam que o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, merece uma avaliação positiva dos cabo-verdianos com uma pontuação de 7.6 numa escala valorativa de 1 a 10.

Segundo o inquérito, realizado pela Afrosondagem entre 3 e 6 deste mês, com um intervalo de confiança de 95 por cento (%), os líderes dos principais partidos da oposição, Janira Hopffer Almada (PAICV) e António Monteiro (UCID), têm uma pontuação de 5.1 e 4.9, respectivamente, na avaliação de desempenho.

De acordo com a mesma fonte, o melhor desempenho de Ulisses Correia e Silva foi alcançado nas ilhas de São Vicente e do Maio com uma média de pontuação de 10, seguida por Santo Antão com 9.5 e São Nicolau com 7.8.

Nas demais ilhas do arquipélago, registam-se valores abaixo da média, sendo que os resultados mais fracos do primeiro-ministro foram assinalados na Praia e nos concelhos do interior de Santiago com 5.6 pontos.

Na ilha do Fogo, os inquiridos atribuem uma pontuação de 6.1 ao desempenho de Ulisses Correia e Silva, enquanto na Boa Vista é-lhe atribuído a nota de 6.7 e na Brava 6.6 pontos numa escala de 1 a 10.

Nesta mostragem, a presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, é mais bem avaliada na Brava e Boa Vista com 5.5 e em Santo Antão com 5.4 e alcança resultados menos satisfatórios no Fogo.

António Monteiro é mais bem cotado em São Vicente, seu círculo eleitoral, com 5.7 pontos, seguido da Brava (5.4) e Maio (5.3), e consegue a pior pontuação no Fogo (4.0), seguido de Santo Antão (4.5).

O relatório da Afrosondagem salienta, por outro lado, que a Assembleia Nacional não escapa à “onda de pessimismo” demonstrada pelos cabo-verdianos em relação aos políticos neste momento, com uma média da avaliação “relativamente baixa”, ou seja, nota 5.1.

Jorge Santos, o seu presidente, consegue um valor relativamente acima da média 5.5, seguido pelos deputados do MpD (5.1), que superam, ainda que ligeiramente, o desempenho dos parlamentares do PAICV (4.9) e da UCID (4.8). Globalmente o desempenho da Assembleia Nacional merece uma pontuação de 5.3.

Quanto à avaliação do desempenho dos partidos políticos, de acordo com o documento, os cabo-verdianos são de opinião que os partidos representados na Assembleia Nacional detêm um “desempenho fraco”. De acordo com os dados apurados, ao MpD é atribuído a nota 5.1, seguido pelo PAICV (4.9) e UCID (4.7).

A avaliação do desempenho dos eleitos locais do seu município, de acordo com os resultados do inquérito, segue a mesma tendência verificada entre os demais políticos ao nível nacional, ou seja, tendem a ser avaliados globalmente no limite entre o negativo e o razoável.

Assim, no conjunto dos eleitos locais, os presidentes das câmaras municipais são aqueles que conseguem a melhor pontuação em média 5.6, seguidos pelos presidentes das assembleias municipais e dos vereadores com 5.1 ex-áqueo e, por fim pelos deputados municipais (5.0).

A câmara municipal melhor avaliada é a da Praia com nota 6.0, seguida pelas três câmaras de Santo Antão com 5.8 pontos e pela do Maio com 5.7. As três câmaras municipais do Fogo alcançaram um registo menos satisfatório com 4.3 pontos em média.

O presidente de câmara mais bem avaliado é o do Maio com 6.5 pontos, seguido pelo da Praia e pelos de Santo Antão com 6.3, contra 4.4 para os presidentes das câmaras municipais do Fogo.

De acordo com o inquérito, o presidente da assembleia municipal com melhor desempenho é o da Praia (5.9) e aqueles com pior registo são os dos três municípios do Fogo. Os vereadores e os deputados municipais da Praia tendem a ser melhor avaliados com 5.9 e 5.7 pontos, respectivamente, contra 4.2 pontos alcançados pelos vereadores e pelos deputados municipais do Fogo.

Para esta mostra, elaborada pela Afrosondagem, foram realizados 3.543 inquéritos de uma forma aleatória junto dos agregados familiares em todas as ilhas. O intervalo de confiança foi de 95% para um erro de amostragem de aproximadamente 5%.

Com Inforpress

Comentários  

-1 # Caty Lopes 02-12-2017 14:05
A AFROSONDAGEM se fez mais um frete ao Governo de Cabo Verde, ao divulgar que o Dr. WCS teve uma classificação de 10 nessa escala miracolosa dessa Agência de Estudo de Opinião, com objectivo de desvalorizar o trabalho da SOKOOLS e enganar os São-vicentinos, que apenas ficam a atacar os badios da Badiolandia, que tão bem soube avaliar o fracote Dr. WCS. Custa-nos acreditar que os São-vicentinos classificaram com uma nota de 10 na escala de graduação de 10 valores, o que demonstra o factor manha nessa sondagem encomendada pelo Governo do MpD, que comprou até os resultados apresentados. No Maio até pudemos aceitar, por ser uma ilha atrasada e sem um unico politico, a não ser a Nha Mina e o Augusto Aguas. O Director da Afrosondagem deve ter a vergonha na sua cara de lata e ja està no exercio do cargo a mais tempo do que os Presidentes José Eduardo dos Santos e Roberto Mugab, que jà deixaram o poder, pelo que deve ser substituido e para evitar subornos dessa natureza. O Governo do MpD, se trocou a PITAGORIA com Afrosondagem, a fim de fazer essa porcaria de SONDAGEM, que ninguém se entende.
Responder
-1 # Africano 01-12-2017 17:18
Mas quanto é que a Afrosondagem recebeu para essa MENTIRADA?
Responder
-1 # De terra longe 01-12-2017 17:16
Só troça!
Responder
-1 # Atenta 01-12-2017 15:44
Desde quando a AFROSONDAGEM foi credivel. Todo o Cabo Verde sabe que conforme é toque assim ele dança..quando foi o PAICV ele tendeu as sondagens a favor do PAI...agora ao contrario...Quem em SV esta contente com este Governo? ALias Caboverdeanso no geral...Esta sendo uma decepçao este governo. Estou arrependida de votar neles
Responder
-1 # Atento 01-12-2017 11:10
Pura mentira... Se calhar fizeram sondagens somente com militantes do MPD, como é de práxis deste partido, que só para enganar a opinião pública, contrata as suas gentes para tentar passar uma boa imagem para o País.
Recordo muito bem de um programa transmitido na TCV, onde os jovens foram entrevistar o PM sobre a situação da Nação e que estes jovens tinham sido entregues perguntas elaboradas, para fazerem, não aquilo que pensam, tudo isso para passar boa imagem do PM e para enganar o povo.
Esta sondagem não serve para CV meus senhores, façam bom proveito com a vossa sondagem, mas guardem-o no mais fundo local que lhes apetecer. É isto que chama esbanjamento de dinheiro público.
A Afrosondagem que diz ser uma empresa credível, se assim fossem, por favor não manchem o vosso bom nome em coisas do tipo, porque estes partidos hoje estão no poder e amanhã estão na rua, e vocês fecham as vossas portas por misturarem a vossa credibilidade com coisas sujas e medíocres.
Sima Krioulo ta fla "kenha k mistura ku porco ta cumi farelo"
Isto é só um aviso
Responder
0 # Cristiano Mendes 30-11-2017 20:36
Como, assim? Quem foram as pessoas inquiridas em S.Vicente? A avaliação feita ao Oscar Santos não pode corresponder à realidade, já que ele nem sequer tem apreciação positiva da sua tristonha esposa, em casa.
Responder
0 # amigo do povo 30-11-2017 20:36
Mentira esta sondagem. A Afrosondagem desta feita exagerou na tentativa de fazer frete ao MPD e Ullisses Correia e Silva.
10 sobre 10 em Sao vicente, significa que os outros partidos receberam "0".
Expliquem melhor esta sondagem fereiteiros!!
Responder
0 # Caty Lopes 30-11-2017 18:03
Pensamos que os votos de São Vicente e Maio, tem algo de anormal e a Afosondagem deve ter a coragem de os rectificar para que não ficar mal na fotografia. Se assim for os São-vicentinos são uns nabos politicos ou a Afosondagem é uma Agencia de afretamento politico.
Responder
-1 # Caty Lopes 30-11-2017 17:07
Os São-vicentinos não devem reclamar nada nesta terra sobre a governação do MpD e do Dr. WCS, por estarem todos empregados e a viverem na maior FELICIDADE do Mundo, ao ponto de lhe daram a classificação maxima, ou seja; 10 valores na escala de Zé di Doly. Estão bem da vida e depois reclamam que os badios, que estão bem com o Governo do Dr. WCS, que teve uma pontuação de 5.6 dos mesmos. Nôs pensamos essa sondagem foi encomendada pelo Governo do MpD, de modo a esconder a desgovernação do paîs e quilhar as pretensões regionalista dos SOKOOLS, que se ficarem calados é por que eles se venderam ao MpD. Nem nos regimes dos partidos unicos um dirigente governamental consegue estar na graça de uma população de uma ilha ao ponto de ter uma classificação maxima de 10. O MpD e o seu Governo, tenham manha da raposa e tentam sempre enganar-nos como se fossemos uns tubabos. A AFROSONDAGEM se vendeu e ninguém vai acreditar jamais nas sondagens dessa Agência de Estudo de Opinião, que julgamos ter feito uma escolha ao acaso e aleatoria, mas que infelizmente se caiu no Quartel General do MpD, daî a razão de atribuição de valor maximo de 10 pontos, o que não é possivel de acontecer nem nos reinados faraonicos.
Responder
-1 # Lela Mindel 02-12-2017 10:44
Ó Caty, agora entendo porquê desta vez o MPD e o seu Governo (dono da sondagem) não contrataram a PITAGÓRICA de Portugal. É que os resultados seriam outros.
Responder
-1 # Caboverde 30-11-2017 16:20
Quem foram as pessoas inqueridas de forma aliatória? Foram os comparsas do mpd? Por favor nos poupem... Continuem acreditando na vossa sondagem até 2021... Recado dado
Responder
0 # SÓCRATES DE SANTIAGO 30-11-2017 14:21
O MPD e o senhor Ulisses não devem estar contentes com esta sondagem encomendada. Pois, mesmo que tenha, no cômputo geral, uma nota de SUFICIENTE, numa escala de 0 a 10, a nível de cada ilha, a avaliação é negativa, visto ter uma nota de MEDÍOCRE, nas ilhas de Santiago e Fogo. Isto significa que cerca 400 mil cabo-verdianos dão notas negativas ao MPD e ao senhor Ulisses, devido à falta de política de investimentos nas duas ilhas do Sul, ilhas que, juntas, já decidem as eleições em Cabo Verde. Portanto, o MPD está em queda livre, não se sabe, ao certo, se vai aguentar o choque bruto que vai ter contra o terreno, em 2021. A ver vamos.
Responder
0 # Tudo Dito 30-11-2017 14:20
Basta ver quem faz parte da Empresa Afrosondegem e depois tirem a vossa conclusão.
Responder
0 # Maria lima 30-11-2017 13:00
Digo aqui que aquando de algumas sondagens feita por esta empresa no tempo do governo anterior ma tinha suscitada muita dúvida mas agora percebo que os estudos era para grangear simpatia e dinheiro agora como a vaca mudou de dono cabe ela fazer cócegas ao novo dono e pelos vistos esta indo no bom caminho; ninguém de bom senso pode entender como um governo que dá muitos barraca negócios obscuros; negociatas corrupcao; e muito mais merece nota 10 nalgumas ilhas isto quer dizer que até o paiCV esta contente com o actual governo; sincerente até para enanar este governo erra.
Responder
0 # Atento 30-11-2017 12:10
Quanto é que essa afrosondagem recebeu do governo para fazer esse estudo? Só podem estar a gozar com os cv.
Não ha nenhum membro do governo com nota suprior a 5..
Responder
0 # Xuxadera 30-11-2017 12:06
So trosa..um pais ki sem justisa, sem seguransa, sem emprego..ku kamposesis ta pidi zimola..
inda politikus ku nota pozitivu..keli so podi ser txokota.
Ma tambe kenha ke dono di Afrosonfagem?..nos tudu nu sabel..
Responder
0 # Gonçalo Amarante 30-11-2017 11:15
A sondagem retrata fielmente aquilo que não c~´nos constitui surpresa. Desde cedo e sempre confiando na seriedade, competência e firmeza do Dr. Oscar Santos, como Presidente da Câmara Municipal da Praia, cada dia que passa o Tempo nos chama abertamente para dizer que a sua conduta se mantém intocável e que tem nas mãos um segundo mandato para fazer da Praia um PARAÍSO, para todos nós como sempre desejou. PARABENS!
Responder
0 # Santos 30-11-2017 08:46
Mudam os tempos mudam as vontades essa sondagem foi encomendada a gosto do freguês e no duvido que o freguês è Ulisses que encurralado pela má gestão de coisas públicas e pelo nepotismo e de partidarização do estado mandou encomendar essa suposta sondagem para enganar os menos atento.
Responder