• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
São Nicolau. Deputado do MPD serve o seu partido e abandona São Nicolau
Colunista

São Nicolau. Deputado do MPD serve o seu partido e abandona São Nicolau

Os Deputados são eleitos na altura das eleições legislativas, encabeçando as listas dos partidos políticos pelos dez (10) círculos eleitorais existentes no país, por um mandato de cinco (5) anos, como determina a Lei Cabo-verdiana.

Apesar de serem militantes de um determinado partido, a principal função desses eleitos, é a de representar aqueles que os escolheram. Reportar ao Governo, no Parlamento, as preocupações, as reivindicações, dificuldades de um povo, de uma comunidade e os entraves que impedem o desenvolvimento de uma localidade, região ou ilha.

Servir na política é uma atividade nobre. O cidadão escolhe o seu representante (Deputado da nação) na expetativa e esperança de que este o sirva, não na deceção e ganância que este sirva da política.

Por lapso ou propositadamente os Deputados esqueçam de que exerçam cargos indigitados pela minoria e que não estão lá por mérito próprio, ou pela vontade do seu partido. Daí que, é a razão pioneira para que haja um comprometimento com o seu círculo eleitoral e a nação na execução das promessas assumidas durante o exercício das suas missões.

A ilha de São Nicolau tradicionalmente rica pela sua cultura desde os tempos dos portugueses, com a criação do Seminário-Liceu de Cabo Verde, a Sé Catedral, a música “Sodade”, a obra “Chiquinho” e entre muitos destaques, navega, hoje, num desleixo dos Governantes do País.

Ninguém, independentemente da sua cor política, deixa de reconhecer os problemas que a ilha de São Nicolau vem a enfrentar. Pelo menos devia ser assim.

Pela leitura dos dados do INE, a ilha de São Nicolau tem a terceira pior, PIB regional com 1,9%, ou seja, é a terceira que menos contribui para o PIB do País. Só está a frente da ilha do Maio e da Brava, com ligeiras vantagens.

A ilha da Brava é mais pequena e tem menos gente, mas o PIB regional de São Nicolau não é assim distante desta ilha.

Para dizer que, não é esse o caminho para justificar os erros de uma Governação, pelas falhas no incumprimento das promessas assumidas perante o povo de São Nicolau.

Os dados também dizem que ao longo dos anos, a população decresce, e uma das razões é falta de oportunidade e de emprego que não há na terra do “Chiquinho”.

O problema, mais sonoro da nossa ilha, é a situação dos transportes. Há que assumir. Há questões que se devem preocupar e procurar soluções para minimizar as consequências que advém dessas inquietações.

A ligação de e para São Nicolau, quer aéreo, quer marítimo, é crónica. Há bem pouco tempo, os agricultores da localidade de Fajã relatavam os prejuízos que tiveram nas suas produções por falta de transportes marítimos para escoamento dos produtos.

As pessoas da ilha de Paulino Vieira, da morna “Sodade”, estão cansadas de reivindicarem, exigirem através das redes sociais, da televisão, da rádio, por um tratamento mais justo relativamente às situações críticas que criam constrangimentos no processo de desenvolvimento da terra do Dr. Júlio Dias, considerado primeiro médico de Cabo Verde.

Essa impaciência perante a resolução dos problemas desta gente deve-se ao abandono dos Deputados, que em nenhum momento contata as pessoas, as famílias, para inteirarem das dificuldades, o silêncio no Parlamento em matérias importantes para os destinos da ilha e, por outro lado, o erro sistemático em colocar à disposição do partido ao invés da comunidade. O próprio Deputado do MpD pelo círculo de São Nicolau afirma num post da sua página de Facebook, de que os problemas de transportes marítimos para a sua terra natal estão resolvidos, dando entender de que, o mal está resolvido de vez, mas foi contestado de imediato por várias pessoas de que ainda o problema persiste - ligação marítima para a ilha de Baltasar Lopes da Silva.

O nosso dever, como cidadãos, é fiscalizar e denunciar qualquer coisa errada que seja feita por um sujeito parlamentar que pagamos o seu salário, subsídios, em tributos.

Por estes dias, o deputado do MpD pela ilha de São Nicolau, eleito pelo povo desta ilha, para ser a voz da gente do seu círculo eleitoral no Parlamento, tem postado com uma certa infelicidade, algumas publicações para justificar o injustificável. O referido deputado apresentava explicações do adiantamento da viagem São Nicolau-São Vicente, por condições meteorológicas, do passado dia 22 de dezembro, fazendo papel da agência de viagens daquela companhia marítima. Aqui, fico confuso relativamente as funções do deputado, se é eleito para exigir mais e melhor para a nossa ilha ou se é funcionário da CV interilhas.

A atitude do referido Deputado é triste, espelha a inexperiência e o interesse pessoal. Este parlamentar, vangloria e cinematografa na sua página de Facebook todos os acontecimentos que considera positivo da governação do MpD e quando a ilha está a deambular, esconde-se e não acrescenta a sua insatisfação aos interesses daqueles que o elegeram.

Este eleito nacional é um bom São Cristão ao serviço do MpD.

Queremos, sim, um deputado que sirva o seu povo, que não cria conflito com as suas gentes por causa de um problema de transporte. Devia juntar a sua voz com aqueles que estão indignados perante esta problemática sem resolução e com a lentidão do seu partido em equacionar as questões relevantes para o desenvolvimento socioeconómico dos São Nicolauenses.

O eleito nacional pelo MpD para o círculo de São Nicolau, já demonstrou ao longo deste mandato que não está à altura de servir os São Nicolauenses, de propor soluções junto do Governo para vencer os desafios que se impõe à ilha dos dragoeiros.

Pelo que sei, são os eleitores daquela região que votaram e escolheram o caro Deputado e não o partido que o sustenta.

Em 2021 vai ter que prestar contas ao seu eleitorado. Explicar que projetos, que reivindicações, que exigências fez a favor dos cidadãos de São Nicolau.

Precisamos de um parlamentar que faça presente na Assembleia, que questiona, que grite e dá voz à sua ilha. Não precisamos e nem desejamos um Deputado de Facebook a servir o partido em detrimento do povoado de São Nicolau.

Continuação de Boas festas e que de 2020 seja o ano da mudança para todos os filhos de Cabo Verde, em particular de São Nicolau.

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!