• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
A minha viagem a Cabo Verde com uma delegação empresarial!*
Ponto de Vista

A minha viagem a Cabo Verde com uma delegação empresarial!*

Através do meu amigo de infância, Dr. José Carvalho de Araujo, ex-advogado do Dr. Casaer, residente em Portugal, que me apresentou um retrato de uma pessoa de bem, multi-milionário, cônsul de Portugal no Palm Beach, Florida, e que podia ajudar e muito, o nosso torrão-natal, Cabo Verde. Não hesitei, a bit, em apresentá-los às autoridades cabo-verdianas.

Vi na SIC Noticias de Portugal, uma reportagem sobre o Dr Casaer que me deixou estupefacto! Baseado no que se reportou, não podia ficar-me, indiferente!

Encontrei-me com esses senhores em Cabo Verde, pela primeira vez! Como é que os conheci? Através do meu amigo de infância, Dr. José Carvalho de Araujo, ex-advogado do Dr. Casaer, residente em Portugal, que me apresentou um retrato de uma pessoa de bem, multi-milionário, cônsul de Portugal no Palm Beach, Florida, e que podia ajudar e muito, o nosso torrão-natal, Cabo Verde. Não hesitei, a bit, em apresentá-los às autoridades cabo-verdianas. E assim foi, porque a intenção de investir em Cabo Verde, seria ouro sobre azul!

Com a pandemia e com o estado de emergência em Cabo-verde, forçaram o regresso imediato do Dr. Cesaer e esposa aos EUA, no seu avião jacto. Só esteve na cidade-capital, por três dias! No entanto, eu permaneci-me nas ilhas, por mais tempo. Delegou o seu conselheiro a encontrar-se com o MNE (Ministro dos Negocios Estrangeiros)! E assim se fez!

Quando se apoderaram dos contactos do Ministro, soube que o seu conselheiro fez mais viagens para se encontrar com o MNE, sem nos darem cavaco. E, a partir de 17 de Março de 2020, fui excluido, e nunca mais obtive nenhum contato deles sobre o investimento em Cabo Verde e, nem sequer, do ministro!

Desconheço o que se passou com as nomeações de cônsul ou as situações relatadas na reportagem da SIC sobre as pessoas em causa. Também desconhcia que os verdadeiros desígnios desses senhores era a promoção individual e pessoal e de um partido extremista de Portugal.

Consequentemente, demarco-me e sou alheio pelo que ocorreu depois do dia 17 de Marco de 2020! A intenção era de aplaudir! Infelizmente, deu no que deu!

** Cristiano Monteiro, antigo deputado 

* Texto publicado originalmente pelo autor na sua pagina no facebook

Partilhe esta notícia

Comentar

Inicie sessão ou registe-se para comentar.

Comentários

  • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!