• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Órgãos. Deputado queixa na PN contra presidente da CM por tentativa de agressão
Política

Órgãos. Deputado queixa na PN contra presidente da CM por tentativa de agressão

Sessão desta quarta-feira, 13, da Assembleia Municipal de São Lourenço dos Órgãos quase terminou a meio por causa de um desaguisado entre o presidente da Câmara e um deputado municipal do PAICV, que por pouco não chegaram às vias de facto. O autarca desdramatiza a situação.

A Assembleia Municipal de São Lourenço dos Órgãos esteve ontem, quarta-feira, em polvorosa. A sessão, que, entre outros assuntos, era para debater o Orçamento Municipal de 2018, esteve em risco de ser suspensa por causa de um desentendimento entre o deputado municipal do PAICV, José Carlos Teixeira, e o presidente da Câmara Municipal, Carlos Vasconcelos.

Das trocas de ofensas mútua em plena sessão da Assembleia, a rixa evoluiu quase para um confronto directo. O autarca e o deputado da oposição por pouco não se engalfinharam, tendo valido a intervenção imediata do vereador de Saneamento, Moisés Vaz, e de um outro deputado do PAICV que entraram no meio para separar as águas. Os trabalhos tiveram que ser suspensos por algum tempo até que os ânimos se acalmaram, tendo a sessão terminado já ao cair da noite.

Teixeira, contactado por Santiago Magazine, afirma que foi o presidente da Câmara quem se levantou do seu lugar para o agredir, tendo saído na hora para apresentar queixa na Esquadra da Polícia por tentativa de agressão. “Seu próprio vereador é testemunha pois foi ele, juntamente com um deputado que estava ao meu lado, que impediu o presidente da CM de me atingir”, conta José Carlos Teixeira.

Segundo o deputado, Carlos Vasconcelos “não ficou contente com as perguntas da bancada do PAICV sobre o atraso na conclusão das obras de melhoramento da estrada que vai a Pico d’Antónia e passou a nos ofender chamando-nos de vândalos.”.

“Na verdade, quem questionou a Câmara sobre a estrada de Pico d’Antónia foi a deputada Suzete Moniz. Eu intervim para interpelar a mesa sobre os insultos do presidente da CM para com a bancada do PAICV”, esclarece.

José Carlos Teixeira, deputado municipal do PAICV

Essa versão é corroborada pelo líder da bancada do PAICV que disse ao Santiago Magazine que Carlos Vasconcelos “ofereceu uma tapona ao deputado José Carlos Teixeira, a ponto de se dirigir para o deputado com o punho cerrado. Tinha uma clara intenção de partir para agressão”.

O líder da bancada do MpD, Odair Afonso, não nega o sucedido, mas explica que “os deputados do PAICV sentiram-se ofendidos porque a Câmara lhes chamou a atenção para o facto de na semana passada terem-se deslocado a Pico d’Antónia e como a estrada está fechada para obras, resolveram tirar a protecção e seguir viagem na sua viatura. Então começaram a ofender o presidente”.

Carlos Vasconcelos, abordado por Santiago Magazine, desdramatiza o ocorrido. Ainda assim, aponta o dedo à bancada do PAICV na Assembleia Municipal de São Lourenço dos Órgãos por ter perdido as estribeiras. “Os deputados do PAICV estiveram todo o tempo a me chamar de nomes em plena Assembleia. E o deputado José Carlos nem estava na sala quando discutíamos sobre a estrada de Pico d’Antónia. Chegou e foi logo pedir palavra para me chamar de covarde e outros nomes. Chamei-lhe atenção várias vezes e ele insistiu em me insultar”, diz o autarca laurentino, que afirma não temer a queixa apresentada na polícia por tentativa de agressão.

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!