Pub

milton Paiva

Deputado do MpD por Santiago Sul acaba de publicar na sua página do facebook que informou ontem, quinta-feira, 21, o líder e o secretário-geral do partido que quer concorrer ao cargo de Presidente da República em 2021. E até já pediu a desvinculação do cargo de secretário-geral adjunto do MpD.

“Presidenciais 2021: Start Up!”, assim intitula Milton Paiva o post que esta manhã publicou no facebook e no qual se declara candidato às próximas eleições presidenciais em Cabo Verde. O deputado do MpD, eleito por Santiago Sul, diz que já informou inclusive o presidente do partido, Ulisses Correia e Silva, e ao secretário-geral, Miguel Monteiro, sobre a sua disponibilidade para concorrer nas próximas eleições presidenciais, numa conversa mantida ontem, quinta-feira, com os dois dirigentes.

“Informei ontem Sua Excia o Presidente do MpD e o Secretario Geral do nosso partido, a minha intenção e disponibilidade em concorrer como candidato presidencial às eleições de 2021”, anuncia o político, de 40 anos. “Cabo Verde é uma Nação multifacetada e intergeracional, onde a diversidade, a juventude, a ousadia, a inovação, e a abertura são fundamentais no desenho do presente e do futuro”, observa, adiantando ao mesmo tempo que já está a preparar a sua plataforma eleitiral.

“Estou a preparar uma «plataforma» politica aberta a companheiros do partido, pessoas de Cabo Verde e do Mundo, pessoas comuns que tenham interesse em participar, por essa via, do processo da governação e do nosso futuro comum. Temáticas como a educação nacional, o empreendedorismo, questões sociais e locais, Africa, e reforma e simplificação do Estado, estarão no centro dos tópicos do nosso debate e acção. Neste momento, temos algumas iniciativas legislativas em curso, nomeadamente, ligadas à temática do crowdfunding, mas haverá outras pertinentes e marcantes”, garante.

Segundo o deputado, “a «plataforma» terá suporte digital e também acções in person no terreno, funcionando como espaço de debate, conformação de politicas, mediação social e politica”. “Enquanto Deputado da Nação, tenho a honra de, por essa via, colocar o meu espaço e recursos técnicos e políticos ao serviço de uma comunidade mais aberta e global”.Estou a preparar um «plataforma» politica aberta a companheiros do partido, pessoas de Cabo Verde e do Mundo, pessoas comuns que tenham interesse em participar, por essa via, do processo da governação e do nosso futuro comum. Temáticas como a educação nacional, o empreendedorismo, questões sociais e locais, Africa, e reforma e simplificação do Estado, estarão no centro dos tópicos do nosso debate e acção. Neste momento temos algumas iniciativas legislativas em curso, nomeadamente, ligadas à temática do crowdfunding mas haverá outras pertinentes e marcantes.

O jovem político, jurista de formação e promotor e líder do Instituto Democracia e Desenvolvimento (IDD), acrescenta que “na decorrência desse novo projecto politico, por razões de lealdade e transparência”, já solicitou a sua desvinculação como Secretario Geral Adjunto (SGA) do MpD e membro da Comissão Politica Nacional (CPN), “de forma a poder dedicar-me com mais foco, liberdade e energia à função de Deputado Nacional e a este novo projecto. Permaneço empenhado nas grandes causas e desafios que Cabo Verde precisa vencer”.

“Tenho a elevada honra e oportunidade de ter estado a colaborar, a trabalhar e a crescer como dirigente do MpD e de Cabo Verde, nas mais variadas formas, circunstancias e posições, há cerca de 10 anos. Não é muito tempo, nem pouco. Nestes novos tempos sinto que as exigências são ainda maiores pelo que os ciclos também tem de ser novos. É preciso fazer um «upgrade» ainda maior da nossa capacidade e eficácia colectiva. Brevemente, estaremos a fazer a apresentação publica da plataforma”, anuncia.

Milton Paiva dá, assim, o tiro de partida nesta corrida pelos lados do MpD, que, em 2021, terá de apoiar um novo candidato presidencial assim que terminar o segundo mandato de Jorge Carlos Fonseca, daqui a três anos. Resta saber se o MpD irá apoiar Paiva ou se o partido tem em mente um outro candidato, como o próprio Ulisses Correia e Silva, segundo indicam alguns sinais vindos do partido ventoinha - a aposta em Olavo Correia como vice-primeiro-ministro deixa antever esse desenho (UCS para presidente, num cenário em que José Maria Neves seria também o candidato a ser apiado pelo PAICV).

 

 

Comentários  

0 # Djose 24-12-2017 00:56
Kkkkkkkkkkkkkk, kiekiekiekie, só pode ser troça ou sdiversão. Presidente donde? Respeite o nosso Cabo Verde por favor.
Responder
0 # ATV 23-12-2017 18:41
Nao porque crucificar o gajo. Qualquer individuo com mais de 35 anos e com formaçao superior pode candidatar-se a esse cargo. Aliás em CV o que faz o PR? Ler discursos escritos por assessores, viajar e... cortar fitas...mais nada..
Responder
0 # MP cara de pau 23-12-2017 12:38
Caros,
Santiagomagazine esta a perder algum prestigio, dando a pagina de destaque esta noticia, deste gajo que nunca trabalhou na vida e agora agora quer ainda mais vida boa a custa do povo.
Olha que nem o pais o quer por perto imagina os caboverdianos.
Burro deve estar é marrado na ladeira a comer palha e depois levar para casa um carga de palha. Este pais esta a vira troça.
Responder
0 # Caty Lopes 23-12-2017 09:50
Declaramos como Candidata Independente à Presidência da Republica de Cabo Verde, a fim de acompanhar-nos o Dr. Milton Paiva e faze-lo cocegas no lugar que dissemos no nosso comentario de ontem. O Dr. Milton Paiva està doido com os atropelos e frustações que o Governo do seu partido e Dr WCS vem fazendo e provocando. Juntos seremos mais fortes e vamos acabar com essa governação de merdice. O Milton Paiva ficou frustado por não ter sido chamado para ocupar um cargo ministerial e que bem podia ser indigitado como Secretario de Estado Adjunto do Ministro da Defesa Nacional, visto que o Ministro Luîs Filipe Tavares, ficou debilitado com a tremenda manducada, que recebeu do Presidente Lansana Outarra de Côte D’Ivoire e as machadas que vem recebendo dos candidatos caboverdianos a esse cargo da Comissão da CEDEAO, bem como a nomeação do Ministro de Integração Regional, o que lhe tira 35% da sua competência politica. Nem o Dr. Miguel Monteiro, se não ficou contente com essa nomeação de reforço governativo do NEPOTISTA DOS MANUAIS DA SUECIA.
Responder
0 # Pedro 22-12-2017 21:23
Quaquer cidadão está no seu direito de candidatar-se, M. Paiva não vai até ao fim porque é um testa de ferro.
Responder
0 # calundjul 22-12-2017 19:21
Daqui do interior da GB saudo o meu caríssimo amigo. Venha fazer-nos uma visiti ha lara aprenderes a liçao com o JOMAV.. força meu serás gente......
Responder
0 # Renato Delgado 22-12-2017 18:52
Com todo o respeito pela pessoa em causa!!!! mas para mim isso não passa de um "bluff".

O que se pretende é trazer a questão para a ordem do dia e com isso naturalizar a extem[censurado]neidade do assunto e desviar a atenção da governação, leia-se, do "in"cumprimento, "des"comprometimento dos COMPROMISSOS ELEITORAIS e assim tentar ludibriar os incautos!!!

O que o povo espera do TIMONEIRO do governo, saído das urnas de 20 de março 2016, é que foque na governação e cumpra os compromissos para com o povo de Cabo Verde!!!

O Povo está atento às manobras e o Dr. Ulisses Correia e Silva não terá nem Vice nem Equipa Gorda que o substituirá ante o JULGAMENTO DO POVO!!!
Responder
0 # zemas 22-12-2017 16:01
Isso está a cheirar catinga e caca de macaco
Responder
0 # José Fernandes Tavar 22-12-2017 15:27
E so entregar o cartão de militante, e pedir a suspensão definitiva do parlamento. E mediato. Abraço e bom Natal. Mandela.
Responder
0 # Di fora 22-12-2017 15:24
Mos bo bu sta na gozo ku alguen propi
Responder
-1 # Santos 22-12-2017 13:20
brincadeira tem limites...
Responder
-1 # João Gomes 22-12-2017 12:44
...Milton Paiva está coberto de razão, senão vejamos: Aristides Maria Pereira, já foi; Pedro Verona Pires, já foi; António Mascarenhas Monteiro, também, já esteve lá e atualmente está por aí, Jorge Calos Fonseca e sabem quantos $$$$ JCF, angariou nessas últimas eleições!!! Porque não MP????
Responder
0 # Firmino baessa 23-12-2017 09:48
Você também pode
Responder
0 # Natalino 22-12-2017 12:41
Favor Nilton....dexa de Troça....ruspeta cabo-verdianos disumola.
Responder
0 # Caty Lopes 22-12-2017 12:35
O Milton Paiva, deve estar com os seguintes problemas: Coceira cronica na parte anal do indestino grosso; Maluquice de um psicopata democratico, que quer demonstrar a sua patetice politica mpediana. Tem a cara do doutor José Mario Vaz, Presidente Unico da Republica de Guiné Bissau. Boa Sorte nessa caminhada.
Responder
0 # Domingos sanches 22-12-2017 12:10
Xuxudeira mesmo. Brincadeiras de mau gosto.

Oky ele tem razao para concorrer,é livre

Boa sorte
Responder
+1 # Boa atitude 22-12-2017 12:09
É isto mesmo. Apoiado! Se outros têm esse direito, porque não Miloton Paiva? Todos já foram atribuidos taxos, menos MP. Isto é uma injustiça! MP certamente será, no mínimo, um PR como Zona. Não mais.
Responder