Pub
Por: Redacção

fernanda silva stock 909338

É a primeira mulher afro-descendente ao serviço da diplomacia argentina. Chama-se María Fernanda Silva, é originária de Cabo Verde, e acaba de ser nomeada embaixadora da Argentina no Vaticano. A decisão foi confirmada antes de o presidente Alberto Fernández partir para Roma na quarta-feira, onde se encontrará com o Sumo Pontífice esta sexta-feira, 31.

Depois de muitas idas e vindas, o presidente argentino, Alberto Fernández, finalmente escolheu um nome para representar seu governo no Vaticano, horas antes de aterrar em Roma, esta sexta-feira, 31, para um primeiro encontro como chefe de Estado com o Papa Francisco.
A escolhida foi a embaixadora de carreira Maria Fernanda Silva, primeira mulher negra, originária de Cabo Verde, a ser incorporada à diplomacia argentina. Filha de pai argentino e mãe cabo-verdiana, foi inicialmente designada secretária do Ministério da Mulher no governo Fernández.

Maria Fernanda Silva, segundo jornais argentinos, tem vínculos com o peronismo (Perón) e especialmente com o kirchnerismo (Cristina Kirchner). Católica e a primeira mulher afro-descendente do serviço externo da Argentina, Silva será a primeira mulher a ocupar o cargo.

Originalmente, o governo do país das Pampas havia indicado Luis Bellando para o cargo, mas sendo cidadão divorciado foi preterido para não entrar em choque com a doutrina cristã. Para o seu lugar foi chamada Maria Fernanda Silva, que soube ontem à noite que o seu futuro seria no Vaticano. A sua carreira no serviço internacional começou em 2003, quando trabalhou perto do ex-ministro das Relações Exteriores Rafael Bielsa. Mais tarde, ela tornou-se na segunda em comando da Embaixada da Argentina no Vaticano durante o último mandato de Cristina Kirchner.

Comentando as notícias, a coordenadora do Observatório de Gênero e Políticas Públicas, Victoria Freire, compartilhou um vídeo em que o futuro embaixador explicou a importância de incluir os afrodescendentes no discurso político. "Pela primeira vez, uma mulher afrodescendente será embaixadora de nosso país. María Fernanda Silva foi nomeada embaixadora do Vaticano. Ouça suas palavras sobre a inclusão da comunidade afro. Estamos construindo uma Argentina de todos", disse Freire.

 

Comentários  

0 # Daniel Carvalho 08-07-2020 15:52
Votos de sucessos. Sim ao mérito. Motivo de orgulho e de inspiração. Afinal, podemos sim.
Responder