• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
SITTHUR acusa Governo de “faltar compromisso” com os trabalhadores da Cabo Verde Airlines
Economia

SITTHUR acusa Governo de “faltar compromisso” com os trabalhadores da Cabo Verde Airlines

O Sindicato de Transportes, Telecomunicações, Hotelaria e Turismo denunciou e acusou esta segunda-feira, 21, o Governo de continuar a faltar compromisso, com o atraso no pagamento dos salários dos trabalhadores da Cabo Verde Airlines.

“Nós estamos a fazer essa denúncia porque queremos a normalização, quer do salário quer do futuro da empresa, pois, houve promessas ao mais alto nível quanto a isso, numa reunião que tivemos, mas até então nada se resolveu”, disse em declarações à Inforpress, o secretário permanente da SITTHUR, Carlos Lopes.

Na declaração, lembrou que no encontro mantido recentemente entre as partes envolvidas e o vice-primeiro-ministro e o ministro do Turismo e Transportes houve promessas de que até final de Novembro seria concluída a negociação e que os salários seriam regularizados.

“Até esta data, nada. E sabemos que os trabalhadores estão a sobreviver com os 35% do salário pago pela INPS, pois, a maioria esmagadora estão no regime de lay-off”, explicou, realçando a situação “insustentável” por que passam os trabalhadores que arrendaram suas moradias para residir na ilha do Sal.

O secretário permanente da SITTHUR avançou ainda que, neste momento, o sindicato está a proceder a um processo de auscultação dos trabalhadores para poder encontrar uma solução.

Avisa que caso não haja resposta do Governo, em tempo útil, os trabalhadores poderão tomar outras medidas.

Carlos Lopes afirmou que esta não é uma ameaça, mas que os trabalhadores estão cansados e que não aguentam mais a situação.

“Hoje é 21 de Dezembro e o Governo não deu nenhum sinal de querer resolver o problema de pagamento dos salários em atraso. Se isso não acontecer, os trabalhadores poderão tomar outra decisão, o que não seria de todo bom para a imagem da empresa e para o futuro que se pretende para uma nova arrancada”, concluiu.

O Governo, segundo disse, faltou, mais uma vez, à sua palavra em relação aos compromissos assumidos para com os trabalhadores da TACV/Cabo Verde Airlines e os sindicatos que os representam.

Com Inforpress

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!