• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Gasóleo e gás mais caros desde a meia-noite, gasolina baixa ligeiramente
Economia

Gasóleo e gás mais caros desde a meia-noite, gasolina baixa ligeiramente

A Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) estabeleceu novos preços máximos dos combustíveis que estão mais caros desde a meia-noite desta terça-feira, 1 de Dezembro.

Assim, de acordo com a nova tabela, o Gasóleo Normal passa a ser vendido a 76,60 escudos por litro (+1,59%), o Petróleo, a 63,20 escudos (+3,27%), o Gasóleo Electricidade a 61,40 escudos (+1,99%), Gasóleo Marinha a 51,40 escusos (+2,19%); o Fuel 380 a 54,20 escudos (+2,69%) e o Fuel 180, a 57,20 escudos (+2,85%). Já a Gasolina sofreu uma diminuição de 1,30%, passando a ser vendida por 98,70 escudos.

O Gás butano passa a ser vendido a granel por 118,30 escudos/kg, sendo que as garrafas de 3Kg passam a ser vendidas a 337,00 escudos, as de 6 kg, a 710,00 escudos, as de 12,5Kg, a 1.479,00 escudos e as de 55Kg, a 6.507,00 escudos.

De acordo com os dados publicados no Platts European Marketscan e LPGasWire, os preços médios dos combustíveis nos mercados internacionais, cotados em USD/ton, aumentaram ligeiramente durante o mês de Novembro (3,13%) relativamente ao mês de Outubro.

Conforme uma nota enviada pela Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME), a evolução dos preços dos produtos petrolíferos no mercado internacional, aliada à apreciação do euro face ao dólar americano, determinaram os preços dos combustíveis no mercado nacional, ora fixados.

Comparativamente ao período homólogo (Outubro de 2020), a variação média dos preços dos combustíveis corresponde a uma

diminuição de 14,93%, e, relativamente à variação média ao longo do ano em curso, ela corresponde a um decréscimo de 2,03%.

Os novos valores do parâmetro CP (Custo de Aquisição do Produto) e os correspondentes Preços Máximos de Venda ao Consumidor Final dos combustíveis regulados passam a vigorar de 01 a 31 de Dezembro de 2020.

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!