• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
PR enaltece acto de coragem do cabo-verdiano que salvou homem no rio Tejo em Portugal
Diáspora

PR enaltece acto de coragem do cabo-verdiano que salvou homem no rio Tejo em Portugal

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, destacou hoje o acto de “grande coragem” e “heróico” do cidadão cabo-verdiano José Brito que salvou a vida de um homem de 58 anos no rio Tejo em Portugal.

Numa mensagem enviada ao cidadão, Jorge Carlos Fonseca defendeu que mais do que coragem, neste acto, “sobressaem o cuidado, o amor e o respeito pela vida humana, pela vida do outro”.

“Felicito-o, vivamente, caro concidadão, pela sua acção, que não terá sido a primeira já que outra vida terá salvo enquanto exercia a profissão de pescador em Cabo Verde”, lê-se na mensagem do PR, para quem “os traços nobres do carácter” de José Brito “revelam nele uma pessoa destemida, rara, cuja intenção generosa de salvar uma vida empresta grandeza à sua alma e faz dele um verdadeiro herói”.

Para Jorge Carlos Fonseca, José Brito “deixa ao seu filho, que testemunhou presencialmente este acto de incomensurável grandeza humana, e ao mundo, mormente em tempos tão difíceis e incertos em que vivemos, um excelente exemplo de uma atitude que nos impregna de esperança na humanidade”.

José Brito passeava no sábado com o filho junto ao Tejo, na baixa de Lisboa, quando se apercebeu de que um homem se tinha atirado ao rio. Formou-se um aparato na margem do rio e os serviços de emergência foram chamados.

Mas, vendo o homem, idoso, de barriga para baixo a boiar na água, sem se mexer, o cabo-verdiano de 37 anos tirou a roupa e atirou-se à água fria do Tejo para o salvar, enquanto as pessoas filmavam tudo sem fazer nada.

SM/Inforpress

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!