• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Amadeu abandona julgamento que não começou para ir defender Arlindo Teixeira no STJ. E ali recusou entrar sem público

Manhã agitada no julgamento de Amadeu Oliveira. Para já não houve a continuação do julgamento porque o arguido, após horas à espera da juiza, decidiu abandonar a sala para ir defender o emigrante Arlindo Teixeira que, apesar do pedido para adiamento feito pela defesa, iria ser julgado naquela hora no Supremo Tribunal de Justiça. Só que, no STJ, não permitiram a entrada de pelo menos cinco pessoas e a sua equipa de advogados, por isso recusou entrar sozinho. "Entrei agora no módulo de resistência", disse aos jornalistas à porta do STJ.

"Querem neutralizar-me, para poderem condenar o inocente Arlindo Teixeira"

O advogado Amadeu Oliveira disse hoje que reconheceu “sob pressão” o tribunal que o está a julgar, para ser libertado e tentar adiar o julgamento do emigrante Arlindo Teixeira, marcado para esta quinta-feira, 25, no Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Amadeu expulso, defesa abandona e toda assistência é retirada da sala

Um clima de alta tensão marcou a primeira parte do segundo dia de julgamento de Amadeu Oliveira, que depois de protestar a prioridade de um requerimento com efeito suspensivo, quando a juíza já o avisara para se manter calado, foi expulso da sala e a sua equipa de defesa também se levantou da mesa, atitude aplaudida vivamente pela plateia, que foi ordenada para abandonar a sala, sob autoridade policial, até que a confusão fosse sanada.

Amadeu Oliveira apresenta queixa-crime contra juíza do processo. Julgamento continua esta terça-feira com arguido ainda detido

A defesa de Amadeu Oliveira alegou, entre outros, a existência no Conselho Superior de Magistratura Judicial de um processo de suspeição contra a juiza Ivanilda Varela "por manipulação de provas", e também de uma queixa-crime interposta por Oliveira na Procuradoria Geral da República contra a mesma magistrada, para pedir a sua escusa deste julgamento que arrancou hoje no 4º juizo-crime do Tribunal da Praia. Varela recusou declarar-se impedida porque, disse, os argumentos são falsos, pois, segundo ela, não há nem reclamação contra si no CSMJ, nem queixa-crime na PGR, daí...

Defesa de Alex Saab denuncia existência de embarcações militares à volta de Cabo Verde

Tudo indica que a prisão do diplomata Venezuelano, Alex Saab, considerado testa-de-ferro de Nicolás Maduro, está a conhecer um novo episódio, desta feita relacionado com uma possível operação de fuga ou sequestro - ou outro ensaio qualquer - a crer numa nota enviada pela equipa de defesa, liderada em Cabo Verde pelo advogado, José Manuel Pinto Monteiro, a denunciar a "existência de inúmeras embarcações militares à volta do arquipélago".  

Juíza nomeada para julgar Amadeu tem processo no Conselho Superior da Magistratura por manipulação de provas

A juíza Ivanilda Mascarenhas Varela, nomeada para julgar Amadeu Oliveira, alegadamente, por este ter alegadamente cometido 14 crimes contra a honra de alguns Juizes do Supremo Tribunal de Justica, tem contra si um processo de averiguação a decorrer no Conselho Superior de Magistratura Judicial por suposta "manipulação de provas e denegação de sentenças", presumivelmente cometidas enquanto magistrada judicial em Santa Cruz, interior da Ilha de Santiago. Foi o próprio juiz-presidente do Tribunal dessa Comarca, Anilson Silva, quem recebeu as denúncias e remeteu o caso para decisão do...

Ordem dos Advogados condena "processo de detenção" de Amadeu Oliveira

A Ordem dos Advogados de Cabo Verde (OACV) condenou hoje a forma como o processo de detenção do advogado Amadeu Oliveira vem sendo conduzido e exorta as autoridades a cumprirem a lei.