• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Greve dos Bombeiros *

Perante uma situação que põe em risco a vida da população deste município, o Governo assobia para o lado. As recentes declarações do Ministro da Administração Interna, tutela dos bombeiros e da proteção civil em todo o território nacional, segundo as quais o Governo não aceitou o pedido de requisição civil porque as partes se entenderam quanto aos “serviços mínimos” é de uma irresponsabilidade intolerável num Estado de Direito.

Câmara Municipal da Praia e representante dos bombeiros não chegam a entendimento e a greve continua

O sindicato que representa os bombeiros da Praia e a câmara municipal, que estiveram reunidos hoje sob a mediação da Direcção-Geral do Trabalho, não chegaram a acordo pelo que a greve dos bombeiros vai prosseguir.

Pedidos de vistos para Portugal passam a ser instruídos pela empresa VFS Global

Os pedidos de visto apenas para Portugal, através da Embaixada em Cabo Verde, vão passar a ser instruídos, a partir de agosto, por uma empresa externa, para aumentar a capacidade e implementar o acordo de mobilidade da CPLP.

Polícia Nacional apreende mais de 5.000 armas na Praia em dois anos e destrói 1.000

A Polícia Nacional (PN) apreendeu mais de 5.000 armas nos últimos dois anos só em Santiago Sul e destruiu hoje 1.000 já com processo transitado em julgado, sendo 400 de fabrico artesanal e 600 brancas.

Paulo Rocha reconhece problemática de armas artesanais e destaca "forte combate" das autoridades

O ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, reconheceu hoje a existência da problemática das armas artesanais em Cabo Verde, destacando que a Polícia Nacional, o Ministério Público e outras instituições de combate têm estado “muito ativas” no combate a este fenómeno.

Cabo Verde recebeu 5.830 pedidos para regularização de imigrantes de 58 nacionalidades

Cabo Verde recebeu em cinco meses 5.830 pedidos de 58 nacionalidades diferentes, no âmbito do processo de regularização extraordinária dos imigrantes ilegais no arquipélago e 750 títulos de residência já foram emitidos, foi hoje anunciado.

O drama da mulher adúltera

Cada dia mais habituo-me a estes truques de mulher adúltera que já não me espantam os chifres que põe, ao calha. O Procurador-geral da República está a defender o indefensável e a tentar forçosamente justificar a propositada inépcia do Ministério Público em assumir as suas responsabilidades num caso de polícia em que o Estado investiga o Estado por um suposto assassinato ocorrido há sete longos anos. Explico aqui.