Pub
Por: Redacção

vieira lopes

Faleceu esta tarde, por volta das 18 horas , 3 de abril, no Hospital Agostinho Neto, o advogado Felisberto Vieira Lopes, bastante conhecido por ter denunciado a suposta "máfia de terrenos na Praia", envolvendo figuras no meio político e empresarial.

De acordo com informações a que Santiago Magazine teve acesso, Vieira Lopes, 83 anos, esteve internado no hospital desde a semana passada. Saiu esta quarta-feira, 1 de abril, mas como o seu estado de saúde piorou, voltou esta sexta-feira para continuar o tratamento tendo falecido esta tarde.

As nossas fontes dizem que foram os serviços dos bombeiros municipais a levar Vieira Lopes ao HAN, na semana passada, depois de ter estado inanimado por dois dias dentro da casa, onde residia sozinho.

O seu silêncio fez com que fosse accionado os bombeiros municipais que foram arrebentar a porta da sua casa no Plateau, onde foi encontrado caido no chão.

Na quarta-feira, 1 de abril, Vieira Lopes, nascido em Santa Catarina em 1937, saiu do hospital e embora debilitado falava normalmente. Entretanto, o seu estado clínico piorou, tendo regressado ao hospital hoje, sexta-feira, onde veio a falecer por voltas das 18 horas.

Vieira Lopes é um dos mais antigos advogados caob-verdianos vivos. Esteve nas últimas duas décadas na boca do mundo, pela sua luta contra a "Máfia dos Terrenos da Praia". Trata-se um longo processo judicial que o próprio Vieira Lopes chama de "Burla dos Terrenos" no município da Praia, cuja acusação foi deduzida em março último. Foram 15 arguidos, com destaque para figuras públicas como Arnaldo Silva, Rafael Fernandes, Alfredo Carvalho e a empresa deste, Tecnicil, todos acusados de burla qualificada, lavagem de capital, associação criminosa, falsificação de documentos e corrupção activa. O MP, que pediu julgamento perante Tribunal Colectivo, sugere inclusive a prisão preventiva de Arnaldo Silva, TIR para os demais réus e confiscação dos seus bens, porque provados em como lesaram aos legítimos donos dos terrenos e ao Estado de Cabo Verde mais de 2 milhões de contos.

Foi o seu apogeu, após décadas de confronto, acusações públicas e queixas-crime (com ou sem razão) contra figuras públicas, da elite política e empresarial, que resultaram por exemplo na detenção de Arnaldo Silva, antigo governante e ex-bastonário da Ordem dos Advogados, o mais longe que esse processo já foi.  

Nesse célebre processo, Vieira Lopes era defensor dos herdeiros da família Tavares Homem contra os herdeiros de Fernando Serra e Sousa, que brigam grandes extensões de terreno na grande Praia.

Licenciado em Direito, em Lisboa, Portugal, Felisberto Vieira Lopes teve outras valências além da sua área do formação. Segundo blog barrosbrito.com (que costuma fazer a árvore genealógica de várias famílias em Cabo Verde), Vieira Lopes, como poeta usou o pseudónimo de Kauberdiano Dambará.

Colaborou no Boletim dos alunos do Liceu Gil Eanes e no Novo Jornal de Cabo Verde e, depois da independência de Cabo Verde, escreveu na revista Raízes, e outras tantas. Aparece também em Literatura africana de expressão portuguesa (vol. l, poesia), Argel, Argélia, 1967; Vuur en ritme, Amesterdão, Holanda, 1969; When bullets begin to flower, Nairobi, Quénia, 1972; Who's is who in African Literature, Tubingen, R.F.A., 1972; Antologia temática da poesia africana l - na noite grávida de punhais, Lisboa, 1976; Antologia temática da poesia africana 2 - o canto armado, Lisboa, 1979; Contravento - Antologia bilingue de poesia cabo-verdiana, Taunton, Massachusetts. E.U.A., 1982. Publicou ainda Nóti, edição do PAIGC, Paris, França, 1964.

Tem obra literária publicada em várias antologias, nomeadamente em Literatura africana de expressão portuguesa, (vol. l, poesia) Argel (1967); na Antologia temática da poesia africana l e 2, Lisboa (1976, 1979) e em Contravento - Antologia bilingue de poesia cabo-verdiana, Taunton, Massachusetts (1982).

 

Comentários  

0 # Afro-Americano 04-04-2020 20:22
Lista do Vieira Lopes (56 alvos)

7 Pessoas falecidas:
- Fernando José Serra e Sousa
- Lídia Fernandes de Oliveira e Sousa
- Orlando Loff de Brito
- David Capristano Furtado
- Antonino Tavares Nunes
- Jorge Rodrigues Pires (irmão de Pedro Pires)
- Jean Christian Andrade

38 Pessoas:
- Arnaldo Silva
- Maria Helena Oliveira Sousa
- Armindo Silva
- Rafael Fernandes
- Alfredo Carvalho
- Maria Albertina Tavares Duarte
- Rita Ramos
- Maria do Céu Monteiro Rocha
- Elsa Baião Silva
- Victor Sousa
- Maria Leonor Pinto Balsemão e Sousa
- José Manuel Sousa
- Ivone Santos Brilhante
- Wanderley Duarte Serra e Sousa
- Carlos Albertino Veiga
- José Tomás Veiga
- Carlos Veiga Jr.
- Alberto Melo
- Paulo Soares
- Daniel Silva
- Abílio Rocha
- Cláudia Patrícia Chantre Monteiro de Sena
- Simão Monteiro
- João Pedro Lima Spencer
- Lino Públio Monteiro
- Agostinho Lopes
- Luis Sapinho Rodrigues Pires
- António Sérgio Bartalha
- Flávio Delgado
- Francisco Amado
- Oumar Barri
- Sandra Alves Delgado
- Joaquim Sapinho Rodrigues Pires
- Luigi Zirpoli
- Gilberto Battistini
- Sergey Souvorov
- José Teixeira
- Manuel Natividade Monteiro

9 Empresas:
- Sociedade para Desenvolvimento do Palmarejo
- Tecnicil Construções
- Tecnicil Imobiliária
- Editur
- Carlos Veiga Lda
- Monte Vermelho SA
- Enavi Sarl
- EFE-SA/ISCJS (Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais), do Presidente da República Jorge Carlos Fonseca
- Soproinf

- Estado de Cabo Verde
- CMP/Óscar Santos
Responder
+1 # Artur Rodrigues 04-04-2020 12:15
Morreu triste e sosinho. Passa dois dias deitado na chão frio, com sedi e com fomi e sujo. Não aguentou tamanho sofrimento e morreu depois na hospital. Deus ta dal eterno discanso.
Responder
+5 # Augusto Monteiro Bor 04-04-2020 07:14
Myles Munroe disse que o lugar mais rico do mundo é o cimitério porque ali estão sepultados muitos livros não escritos, muitas casas não construidas, isto é, muitas potencialidades. Não é caso de Vieira Lopes. Ele vai à cova vazio. Ele cumpriu a sua missão com sucesso. Ele fica na história de Cabo Verde como uma voz que ecuou durante décadas. Eu tive privilégio de conversar com ele algumas vezes, ouvindo-o com muita alegria.

Minhas sentidas condolências à familía
Responder
+6 # Amandio Vicente 04-04-2020 06:44
NOTA DE PESAR


Tendo tomado conhecimento do falecimento do Dr. Vieira Lopes, na tarde de hoje, na cidade da Praia, vem o Partido Popular de Cabo Verde (PP) lamentar esta perda física e apresentar as suas sentidas condolências aos familiares do Dr. Vieira Lopes.
O Dr. Vieira Lopes apoiou a fundação do PP e foi um dos ideólogos do programa do PP no combate à corrupção neste país. O Partido Popular de Cabo Verde (PP) perdeu um amigo e Cabo Verde perde também o seu expoente máximo da luta contra a corrupção e da luta a favor dos mais desprotegidos.
Estamos todos perplexos, enlutados e tristes com a morte do Dr. Vieira Lopes! Só nos resta pedir a Deus que receba nas suas mãos a sua alma.

Cordialmente,


Sal Rei, 3 de Abril de 2020 - Amandio Barbosa Vicente - Direção Nacional do PP - Presidente
Telefone 592 70 70 e 914 31 30 - Correio eletrónico:
Responder
+9 # Odju na nhos 03-04-2020 23:16
Espero que OS familiares não confiarem na medicine legal de Cabo Verde e investigue essa morte. Por mim, foi uma encomenda dos Capos de Cabo Verde.
Responder
+8 # Bento Fortes 03-04-2020 22:27
Um grande Homem e que deixou exemplo. Será lembrado com gloria e a sua geração será protegida. Descanse em paz e que a sua alma repouse em jardim florido dos escolhidos. RIP
Responder
+7 # Domingos Landim 03-04-2020 22:20
"Labareda luminada na fundu' l rubera,
Do tudi kanto, di tudu cobon, cadabra, tchoro, sombra, gratus di inferno". Estou citá-lo de cor. PerrinEterno repouso ao poeta da minha terra.
Responder
+5 # Chiku 03-04-2020 22:15
Desfecho esperado! Máfia grossa entrou logo em ação. O colarinho branco não brinca em serviço. Roubam terreno e matam donos legítimos e seus defensores. Querem coisa alheia a todo o custo. Colarinho branco e assassino, toma cuidado com o Covid-19.
Responder
+8 # Domingos Landim 03-04-2020 22:03
Profundamente triste com o passamento físico do Dr. Vieira Lopes. O mais brilhante poeta em língua cabo-verdiana, a meu ver. Lembro-me dele em Colombo, Lisboa, estando eu no meu último de licenciatura em direito. E ele a falar comigo, estimulando-me a seguir o trilho das letras. Depois,no meu regresso ao país, tive a honra de falar com ele algumas vezes. Um cabo-verdiano vigoroso, persistente e lutador. Esta sua faceta literária, no contexto luta anti-fascista, deve ser exaltada.
Responder
+6 # SÓCRATES DE SANTIAGO 03-04-2020 21:37
Paz à sua alma e sentidas condolências à família enlutada.
Responder
+11 # Jorge 03-04-2020 21:27
Que descanse em paz. Que a sua morte seja iinvestigada.
Responder
+5 # Bem haja Vieira Lope 03-04-2020 21:24
Vieira Lopes marca, pela positiva, a história da advocacia caboverdiana. Será lembrado por décadas como um homem com sentido de Justiça, que soube trazer ao público o submundo da fraude organizada de terrenos, sobretudo no município da Praia, liderado por uma personalidade nefasta que até foi homenageada pelo Presidente da República JCF por "relevantes serviços prestados à nação". Uma vergonha, uma bofetada na cara dos caboverdianos, pessoas de bem. QUE O DR. VIEIRA LOPES TENHA UM DESCANSO ETERNO E QUE O EXEMPLO QUE DEU ENQUANTO HOMEM, ENQUANTO ADVOGADO E ENQUANTO CIDADÃO SIRVA DE EXEMPLO SOBRETUDO PARA OS JOVENS ADVOGADOS.
Responder
+5 # toto 03-04-2020 20:53
encontrado INANIMADO e ingressado no hospital semana passada e lhe foi dado alta em menos de 10 dias !!!!!! e morre a pós de menos de 72 hrs da alta medica !!!!!!!!Não estou entender ..que diz a autopsia ???
Responder
+1 # Boca 05-04-2020 23:38
sera que o estado nao se preocupou na seguranca feste senhor defensor da legalidade,porque situacao que acontece na praia existe por todo o arquipelago,mas nao existes vozes fortes a denunciar essas precaridades,mamo ka ta ofende mamo e isso que funciona o nosso sistema
Responder