Pub

 iate2

Todos os quatro tripulantes do iate Rich Harvest, encontrado ontem, 23, no Porto Grande, Mindelo, com 500 quilos de cocaína foram detidos. A embarcação tem antecedentes com o contrabando de álcool, cigarros e cannabis.

A Polícia Judiciária apreendeu na noite de ontem, 23, no Porto Grande, Mindelo, o iate Rich Harvest, de pavilhão inglês, com mais de meia tonelada de cocaína. A operação aconteceu durante a tarde de ontem e decorreu até por volta da meia-noite. E a busca-surpresa nessa embarcação, que vinha do Brasil com destino à Europa, resultou na apreensão de mais de 500 quilos de cocaína em elevado grau de pureza, que em dinheiro vale cerca de 20 milhões de euros (mais de 2 milhões de contos).

Todos os quatro tripulantes, cuja identidade ainda não foi divulgada, foram também detidos pela Polícia Judiciária nesta que é uma das maiores operações de apreensão de cocaína em Cabo Verde - só fica atrás dos da tonelada e meia da operação Lancha Voadora e dos 508 kg encontrados em dois contentores no parto da Praia.

Os mesmos vão ser levados a tribunal para a respectiva legalização da prisão. Por ora, a PJ ainda não faz qualquer ligação entre essa droga encontrada no Porto Grande com o cidadão sueco detido desde segunda-feira depois de ter sido flagrado com cinco quilos de cocaína no aeroporto Internacional Cesária Évora, em São Vicente – o sueco, de 67 anos, está a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Refira-se que esta não é a primeira vez que esse iate, o Rich Harvest, de pavilhão inglês, é apanhado nas malhas da lei por envolvimento com negócios ilícitos. Em 2004, a embarcação foi arrestada pelas autoridades britânicas depois de flagrada com mais de 120 mil libras (mais de 13 mil contos) em carteiras de cigarros e bebidas alcoólicas para contrabando.

O proprietário, Phill Berriman, contaria depois no tribunal que queria apenas fugir aos impostos e comercializar esses produtos em zona off-shore, táctica que o tornou famoso na Grã-Bretanha. Berriman voltaria a ser detido desta feita por ter sido apanhado com enorme quantidade de cannabis, calculado em 12 milhões de libras (mais de 130 mil contos), que transportou de África para o Reino Unido nesse mesmo iate, o Rich Harvest. Essa foi a maior apreensão de droga num único iate no Reino Unido.

Curiosamente, Phill Berriman saiu em liberdade porque convenceu o tribunal de que foi coagido por um grupo organizado do crime a carregar a droga, caso contrário matariam a sua família. Inclusive escreveu dois livros - o último intitulado The Waccy Baccy Boat - a contar as suas façanhas em alto mar e como se livrou da justiça.



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar