Pub

deputado MpD João Gomes 

O deputado João Gomes, eleito nas listas MpD por São Vicente, declarou esta sexta-feira, 07 de junho,, no Mindelo, que não se espere que ele socialize o Estatuto Especial para a Cidade da Praia, por não lhe dizer respeito.

O deputado falava em conferência de imprensa para abordar mais uma visita ao círculo eleitoral dos quatro deputados do Movimento para a Democracia (MpD, poder), desta vez inserida na preparação do debate sobre o Estado Nação, previsto para o dia 31 de Julho.

“Posso garantir que não vou socializar o Estatuto Especial para a Cidade da Praia, porque não tenho nada a ver com esse estatuto, é da Praia, agora o estatuto da Zona Económica Especial de Economia Marítima (ZEEEM) será socializado por mim, porque interessa-me”, reforçou o parlamentar.

“O da Praia vale o que vale, respeitamos mas não colocamos em primeiro lugar”, reforçou.

“Não estou preocupado com o Estatuto Especial da Cidade da Praia, está na Constituição desde 1999 e a lei é para cumprir”, concretizou a mesma fonte, que anunciou que vai assumir a sua responsabilidade no acto de votação do estatuto.

“Eu vou assumir a minha responsabilidade, não vou fugir, vou votar, e se tiver de votar sim, voto, não tenho nada contra a Praia, mas sim tudo a favor de São Vicente”, reiterou João Gomes, até porque, sintetizou, para quem está a trabalhar “dia e noite para São Vicente”, o fundamental é não se dar à Praia aquilo que se dá a São Vicente.

“O meu estatuto especial é a ZEEEM, que só será implementada com a aprovação de leis específicas”, lançou, projecto que Gomes classifica de “maior programa jamais pensado” em Cabo Verde e que, “eventualmente”, no próximo Conselho de Ministros, “será aprovado”, seguindo-se depois para o parlamento para aprovação, “o mais rapidamente possível”.

“Esse, sim, será para nós o grande estatuto que vai beneficiar não só São Vicente como outras ilhas do norte, os praienses lutam porque aquilo que é deles”, considerou, ciente de que “não vai acontecer” aquilo que aconteceu com a regionalização, em que, precisou, pessoas de outros partidos “andaram em São Vicente a pedir a toda a gente para votar sim à regionalização e quando chegaram ao parlamento todos viram qual foi a atitude delas”.

O deputado foi ainda abordado sobre a realização prevista, no dia 5 de Julho, de manifestação em São Vicente a “reivindicar mais para a ilha”, mas aqui João Gomes disse que o MpD “não tem nenhuma posição sobre o assunto” porque “nunca tomou e não vai tomar posição”, já os cidadãos “são livres e manifestam-se à-vontade”.

“Nunca estamos satisfeitos e queremos que as pessoas se expressem”, concluiu.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Faltarra 09-06-2019 14:36
Ease é um de[censurado]do da Nação , não preocupa com Capital do seu pais onde ele reside Como representante do povo , no parlamento se diz representate da nação , de momento estão no parlamento de[censurado]dos Bairistas . Ease sr é de snicolau reptesentando svicente somente é uma vergonha , no momento das campanhas eleitorais enganam povo que vão representar o pais estamos a espera da proxima .
Responder
0 # francisco silva 08-06-2019 05:29
E lamentavel a atitude de um de[censurado]do da nacao a dizer que nao tem nada a ver com a capital do seu pais.
Isso mostra claro que tipo de patriotas que temos, um de[censurado]do da nacao deve interessar por qualquer canto do pais.
Responder