Pub

 lino magno

Nada faz-nos crescer do que os desafios vencidos. Quem não os enfrenta, não terá condições para crescer e se afirmar diante da vida. A vida é feita de pequenos e grandes desafios, vencer cada etapa é crucial para agregarmos novos valores e pulsar uma nova aragem pessoal.

A nossa performance ganha um novo conceito quando não permanecemos na zona da paralisação ou da inércia conjuntural. A vida requer superação constante e determinação permanente. Sem essa mentalidade central, não estaremos aptos para encarar novos passos e alcançar novos alvos.

Assumir uma atitude passiva diante da vida é arriscada. Quanto mais agora com a presença frontal da competição e de uma dialética social que tendem a obstruir o processo de incentivo positivo, neutralizando o cérebro, dificultando as realizações e conquistas. Nunca vivemos uma dialética compulsiva como hoje, respira-se a mórbida competição e uma retórica antagônica. Face a isso, quem deseja crescer, terá que vencer esse sistema robusto e desafiador.

Para dar certo, é preciso fazer o certo. Aceitar o caminho do facilitismo, da subserviência negativa ou vencer a todo custo, será uma construção para um Auto boicote. Com certeza, cada desafio vencido constitui uma base afirmativa e crédito pessoal, por isso, deixar a vida desandar sem uma clara visão será um atraso gritante e destrutivo.

Os desafios nos seguem pelo o resto da vida, assumir essa mentalidade inteligente nos ajuda a não nutrir ilusões. Caminhar passo a passo, prosseguir com consciência que a vida nem sempre nos presenteia facilidades e para crescermos temos que mudar a cada instante a nossa cosmovisão e comportamento.

Não podemos formar uma base escorregadia, vencer significa abraçar os desafios e nunca nos render aos obstáculos. Cada etapa vencida será um marco que nos Auto credibiliza, assim sendo, lutar sempre, sem nos defraudarmos. Construir uma base sólida e realista deve ser a nossa prioridade central.

Comentar