Pub

favores

Há um ditado do povo que diz que onde há fumo, há fogo. E como se diz que a boca do povo é boca de Deus, convém, por uma questão de consciência, não duvidar dos ditados do povo.

Não é então que agora a maioria passou a votar na minoria? Ou seja, a situação passou a votar na oposição?

Vejamos: Filomena Martins, deputada do PAICV por São Vicente, foi eleita, esta segunda-feira, presidente da Rede de Mulheres Parlamentares da África Ocidental (ECOFEPA, sigla em inglês), para um mandato de três anos.

Num processo eleitoral, o primeiro passo é candidatar-se. Para se candidatar, o pretendente ao cargo tem que contar com o apoio do grupo a que pertence.

Ora, os deputados do parlamento cabo-verdiano na CEDEAO são Filomena Gonçalves (MpD), Orlando Dias (MpD), Humberto Lélis (MpD), Filomena Martins (PAICV) e Carlos Delgado (PAICV), o que significa que desta vez, o MpD, poder, votou no PAICV, oposição. Por outras palavras, a maioria votou na minoria.

Terá esta mudança das intenções de voto da maioria, alguma ligação com as recentes votações do diploma sobre a regionalização do país, em que a deputada do PAICV Filomena Martins votou contra a sua bancada e a favor da bancada adversária?

Será que o ditado do povo acima citado se encaixa neste processo?



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # SÓCRATES DE SANTIAGO 04-12-2018 10:59
Para o povo, isto já não constitui matéria de espanto, pois, há muito que Filomena Martins passou a ser simpatizante do MPD. E há quem diga que ela será a próxima candidata do MPD para o Cargo de Governador Regional de S.Vicente. O João Gomes que se cuide!
Responder