Pub

transportes interilhas

A Cabo Verde Interilhas já efectuou 530 ligações e transportou 71 mil passageiros nas cinco semanas da sua entrada em funcionamento, informou a empresa, mostrando-se “confiante” no seu percurso.

Em comunicado, a empresa avançou que nas ligações entre Sal e Boa Vista para São Nicolau/S. Vicente, e para Praia se registou uma procura de 9.000 passageiros nas 103 viagens efectuadas, correspondendo a 1.800 passageiros por semana.

Conforme o documento, a concessionária do transporte marítimo de passageiros, veículos e carga nas ligações entre ilhas tem vindo a aumentar a sua rede de agentes e postos de venda de bilhetes, zelando pelas parcerias, por forma a ter “maior cobertura” a nível nacional.

“O aumento para mais de 30 postos de venda oferece uma maior capacidade de resposta localmente na procura de bilhetes”, refere a mesma fonte.

Actualmente, a empresa opera com quatro navios em diversas linhas, mas, segundo adiantou, a frota será reforçada no próximo mês de Outubro com mais um barco, neste caso o navio a motor “Sotavento”.

“Este navio vem juntar-se à frota operacional da Cabo Verde Interilhas, com o principal objectivo de reforçar as ligações e manter o funcionamento normal da actividade, num momento em que o navio Praia d’Aguada terá que ir, nos primeiros dias de Novembro, para a manutenção e recertificação obrigatória”, lê-se no comunicado.

A empresa mostra-se “confiante no seu percurso” reafirmando o compromisso de que “tudo fará” para promover as necessárias alterações e melhorias que trarão maior qualidade no serviço.

Cabo Verde Interilhas é detida em 51% pela Transinsular e Transinsular CV, do GRUPO ETE, que opera há mais de 30 anos em Cabo Verde. Os outros 49% do capital são detidos pelos armadores nacionais.

Recentemente, o Governo autorizou a Direcção-Geral do Tesouro a conceder um aval de 518 mil contos à Cabo Verde Interilhas (CV Interilhas), como garantia de um empréstimo bancário a ser negociado por esse consórcio e Caixa Económica e a International Investment Bank (IIB).

O presidente da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID, oposição), António Monteiro, reagindo a esta decisão do executivo, considerou que isto vai “solidificar cada vez mais o monopólio nos transportes marítimos”.

Por sua vez, o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV-oposição) observou que este aval à Cabo Verde Interilhas significa que o “parceiro estratégico não tinha dinheiro” e nem “acesso ao capital sem as garantias do Estado”.

Já o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, defendeu que o aval do executivo significa que “o Governo acredita no projecto”.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

+1 # Maritimo Portugues 27-09-2019 10:40
SOMENTE? devia ser mais quando es o unico galo no poleiro e com todos os recursos e apoios oferecido pelo Governo. Apoiado pelo governo de PAI, ouvimos MpD a dizer para 10 anos que os barcos da fast ferry nao serve, mas agora estam a fazer 530 ligacoes mensais. QUE IRRESPONSABILIDADE meter todos esses passageiros e cargas nos barcos que nao serve.
Responder