Pub

Boa vista ilha

A ilha da Boa Vista vai receber, dentro de 30 meses, um hotel de 78,4 milhões de euros, do grupo alemão TUI e com 575 quartos, um dos maiores investimentos do género em Cabo Verde.

A informação consta do contrato de investimento entre a sociedade local Chaves Hotel & Investimentos e o Governo cabo-verdiano, de 06 de Setembro e ao qual a Lusa teve hoje acesso, prevendo a implementação do projecto TUI Magic Life – Boa Vista naquela ilha.

O hotel, de quatro estrelas, deverá estar concluído dentro de 30 meses e implicará “a remodelação e a ampliação de todas as infraestruturas básicas necessárias à implantação” do projecto, refere o contrato de investimento, citado pela agência Lusa.

Através de um investimento global de 78,4 milhões de euros, levará à criação, na localidade de Santa Maria, de 431 postos de trabalho directos. “O Projecto de Investimento terá a categoria de quatro estrelas superior e terá a marca da TUI, designada TUI Magic Life, cadeia hoteleira alemã que presta serviços de hotelaria Premium, detida a 100% pelo grupo TUI AG, com presença histórica no território de Cabo Verde, desde 2015, no sector da distribuição, apostando forte no desenvolvimento turística do país”, lê-se no contrato.

O investimento contará com incentivos fiscais do Governo cabo-verdiano – entre outros apoios estatais -, que aprovou, para o projeto, a declaração de “interesse excecional no quadro da sua estratégia de desenvolvimento socioeconómico do país”.

Aprovado projecto para hotel de 72 milhões de euros na ilha do Sal

Um grupo privado vai investir 72 milhões de euros na construção, ao longo dos próximos três anos, na ilha do Sal, de um hotel de cinco estrelas com 1.388 camas, segundo o contrato aprovado pelo Governo.

De acordo com o contrato de investimento, aprovado em 06 de Setembro e ao qual a Lusa teve acesso na quarta-feira, em causa está a implementação, em Ponta Preta, do futuro Hotel Ilha do Sal Palace, projecto “em vias de preparação” pela sociedade Arco Verde – Hotelaria e Turismo.

Envolverá a construção, numa área de 74.845 metros quadrados, de um “hotel-resort” com “padrões cinco estrelas superior” e 570 quartos (1.388 camas), contando ainda com sete restaurantes, cinco bares, zonas de lazer e entretimento, piscinas, SPA e outros equipamentos de apoio, levando à criação de 540 empregos diretos.

O contrato de investimento com o Governo de Cabo Verde – que declarou o projecto como de “interesse excecional” no quadro da aposta no desenvolvimento do setor turístico e que prevê incentivos fiscais aos promotores -, “será gerido por uma cadeia hoteleira de renome internacional”, não identificada no documento.

“O projecto, além de trazer uma nova marca, vai contribuir para a diversificação dos Tour Operadores, na área da distribuição do destino Cabo Verde, o que representa uma forte mais-valia”. O contrato de investimento prevê a conclusão do projeto dentro de três anos.

Com Lusa/Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar