Pub

João Serra BCV

O governador do Banco de Cabo Verde, João Serra, revelou esta segunda-feira na Praia, que não vai continuar a frente da instituição, garantindo, no entanto, que assumirá as suas responsabilidades na “plenitude” até o final do mandato que acontece em dezembro deste ano.

“Não vou continuar a frente do Banco de Cabo Verde (BVC), fui lá para fazer um mandato (…) de modo que estou de saída, mas, até lá, contínuo sendo governador, assumindo na plenitude as minhas responsabilidades e continuando a dar o meu contributo para a afirmação do banco central”, disse João Serra, à saída de um encontro com o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.

João Serra garantiu que sempre teve uma “boa relação” com o Governo e com o ministro das Finanças, Olavo Correia, que foi seu “colega de universidade” e lembrou que desde o início prometeu que seria somente para um mandato.

“Não há ainda nenhuma conversa, mas o que eu posso avançar é que estou lá para um mandado”, sublinhou, garantindo, que vai deixar o BCV mais independente e a cumprir as suas atribuições.

João Serra substituiu Carlos Burgo a frente do BCV, que terminou o mandato em Agosto de 2014, e foi empossado a 29 de Dezembro do mesmo ano.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

-3 # Carlos Dias 21-05-2019 09:45
O problema é que o Governo do MpD quer o lugar para um dos seus Boys, Oscar Santos.
O Serra é competente mas o problema é que ele não é MpD.
Responder