Pub

 Festival 3 ritmos

Todos os caminhos vão dar a Santa Cruz, este fim de semana, 29, 30 e 31 de março, onde terá lugar a 10ª edição do festival “Um concelho, três ritmos”, concretamente no largo Katxás, situado no centro histórico da cidade de Pedra Badejo. Cabeça de cartaz é o músico Pulonga Bita, filho do concelho e residente nos Estados Unidos de América por mais de três décadas.

O festival “Um concelho, três ritmos” é um evento único em Cabo Verde. Junta, no mesmo palco, as três manifestações musicais tradicionais de Cabo Verde, que melhor expressam a nossa identidade colectiva – Funaná, Batuko e Tabanka – o nosso ser e estar enquanto povo e nação.

São três dias de festa, de convívio, de partilha, de música. Esta expressão cultural universal, popular, globalizada, porque se manifesta diretamente, e de igual modo, na alma humana em qualquer paragem do mundo, não respeitando fronteiras, línguas ou nacionalidades, sendo uma linguagem universal, calando fundo na alma dos homens em todos os tempos e lugares.

Este ano, o evento homenageia o filho da casa, Julião Freire Monteiro, mais conhecido no mundo artístico como Pulonga Bita. A residir nos Estados Unidos, o músico conta com 6 CDs no mercado e mais 2 gravado em parceria com o grupo “Os Amigos”.

Pulonga Bita atua no segundo dia do festival, 30 de março, dedicado ao Funaná. 29 é dedicado ao Batuko e 31 está reservado para a Tabanka.

Esta 10ª Edição conta com a parceria da Unitel T+ e do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas.



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar