Pub

 DE Barros1

Sob o pseudónimo de Torquato Adamastor, o autor venceu o maior Prémio Literário com uma obra de ficção, uma colectânea de contos, em língua portuguesa, que concorreu com mais sete obras.

O Prémio Corsino Fortes/BCA de Literatura tem uma periodicidade bienal e contempla obras em prosa ou verso, em língua portuguesa ou cabo-verdiana.

O valor do prémio passou de 500 mil escudos (2016) para um milhão de escudos (2018)

O Júri foi composto pelas professoras universitárias, especialistas em Literatura: Mariana Faria (eleita como Presidente), Augusta Évora Teixeira e Fátima Fernandes.

Domingos Landim de Barros é autor dos livros Diadema do Rei e De Orbe para Urbe.

O Prémio será entregue em data a combinar com o autor que agora reside em Portugal.

Domingos Landim de Barros é seguramente um grande escritor da língua portuguesa, um cronista versátil, um poeta profundo, e portador de um dizer literário muito próprio e original.

Este prémio será certamente o primeiro de muitos que irão surgir, ciente de que este homem, é que um clássico na estética e nas temáticas, ficará na história da literatura cabo-verdiana como uma das nossas figuras maiores.

Comentários  

0 # Domingos Landim 01-02-2019 21:31
Minha confrade e amiga, Luisa Fresta, parece-me que vai gostar. Vai encontrar esse lado do "maravilhoso cabo-verdiano", como costuma dizer.
Responder
0 # Domingos Landim 01-02-2019 21:27
Obrigado pelos seus parabens , meu compatrício Sócrates de Santia
go, e formulo-lhe votos
de uma boa saúde e um ano brilhante. Abração
Responder
0 # SÓCRATES DE SANTIAGO 01-02-2019 19:17
Caro patrício, Domingos Landim, parabéns pelo merecido prémio e que as musas nunca mais te deixem em paz. Sinto-me sinceramente feliz e muito orgulhoso por, esta tem[censurado]da, os prémios Corsino Fortes e Arnaldo França ficarem na GRANDE ILHA, graças ao trabalho oficinal teu e do nosso criativo escritor Olavo Delgado, embora ambos sejam pouco conhecidos, sem esquecer o nosso POETA- MOR, também santiaguense, JOSÉ LUÍZ TAVARES, o mais premiado do País. Um forte e caloroso abraço socrático e santiaguense.
Responder
0 # LUISA FRESTA 01-02-2019 18:34
Mais uma vez muitos parabéns, conheço a qualidade inquestionável da tua poesia, o sabor da tua prosa, em crónica, o humor fino, o rigor na linguagem. Resta-me descobrir os teus contos, que adivinho deslumbrantes.
Responder
0 # Domingos Landim 01-02-2019 16:52
Saudades do amigo Alexandre. Desde aquela vez em Lisboa nunca mais nos vimos. Muito obrigado pelos votos de parabens. Um grande abraço
Responder
0 # Domingos Landim 01-02-2019 16:24
Muito obrigado meu estimado primo. Infelizmente ausente do facebook, mas tiveste sempre a meu lado e juntos estaremos sempre. Abraçao
Responder
0 # Alexandre Monteiro 01-02-2019 14:24
Caro amigo
Parabéns pelo prémio e que venham muitos mais. Um abração!
Responder
0 # Martins 01-02-2019 11:55
(...) as minhas felicitações ao ilustre primo e Deus lhe ofereça forças para triunfar sempre, sempre e sempre!!!
Responder