• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Carlos Veiga no rescaldo da derrota

Na década de 90, Carlos Veiga, tornou-se um torcionário e moveu uma perseguição feroz quer contra a oposição, quer contra vozes discordantes dentro do seu próprio partido. Estes, os mandou todos para fogueira. Cabo-verdiano é um povo sui generis: não suporta ver o seu conterrâneo a ser maltratado. E começou a haver descontentamento pelas atitudes de vingança e maltratos ao seu semelhante. E na primeira oportunidade, derrotou o MpD e Veiga nas urnas. É aí que nasce a obsessão do Carlinhos em ser, a viva força - no crioulo: "divina força" - Presidente da República de Cabo...

Presidenciais. José Maria Neves bate rival Carlos Veiga à primeira volta e é o novo PR de Cabo Verde

José Maria Neves foi eleito o quinto presidente da República de Cabo Verde (quarto democratamente eleito) à primeira volta das eleições realizadas neste domingo, 17 de Outubro. Com mais de 51 por cento de votos obtidos, Neves – que já lançou fogos de artifício desde a sua sede na Fazenda, Praia, em comemoração da sua vitória – “atropela” as restantes seis candidaturas e, praticamente, atira o seu principal rival neste sufrágio, Carlos Veiga, 72 anos, para fora da arena política cabo-verdiana. Ah!, e uma nota de realce para a elevada taxa de abstenção (mais de metade dos...

Eleições presidenciais: No calafrio das próximas horas

...a Candidatura de Carlos Veiga terá mobilizado, no circuito bancário aberto e legal, mais de 300 mil contos cabo-verdianos, além de outras tantas doações em dólares e em euro, eventualmente provenientes respetivamente dos amigos “da Flórida” e dos amigos “de Portugal, envolvidos à extrema-direita racista e xenófoba, sendo muito dessa gente também amiga do tráfico de influências e de armas, como o caso de César de Paço, corruptor denunciado de Luís Filipe Tavares e tornado antes, pelo Governo, cônsul honorário de Cabo Verde, juntamente com a mulher Deanne de Paço. As...

A Autofagia na Diplomacia Cabo-verdiana*

Devemos estar cientes que o Ministério não pensa. E como quem pensa por ele é um contingente de seres humanos que, estatisticamente - no limbo do desconhecido - mal pode ser expresso por um único ponto percentual, essa doutrina irracional corporativista come seus próprios pés e já vai avançando em direção às pernas em um processo que terminará por consumir até a cabeça, em autofagia! Em nome de um corporativismo fragilizado perante embaixadores políticos, mas feroz para com os técnicos do MNE especializados em diplomacia, os diplomas saem do forno diplomático cozinhados para...

Complot Veiga e a tal compra de voto

As bolsas de pobreza, agora alargadas pela severa crise, pela subida dos preços de consumo e pela política de austeridade, com o anunciado apertar os cintos por parte do Primeiro Ministro, José Ulisses Correia e Silva, tornam as populações mais vulneráveis não só às verguinhas e ao cimento, mas ao aliciamento eleitoral, em favor do candidato Carlos Veiga que já deu garantias ao Executivo de poder vir a ser o presidente cúmplice das medidas estruturais que já assomam na próxima esquina.

O candidato Zemas diz que quer cumprir a Constituição: Para cumprir a Constituição o candidato José Maria Neves tem de ser investigado

O cidadão Zemas de nome de batismo José Maria Neves, geboso e convencido de que tem pinta de Deus grego nas suas traquinices de menino de olhos de vidro, quer ser Presidente da República, sentindo-se como dono de hotéis no jogo de monopólio. Zemas que é Zé, em tempos idos já nos vendeu: banha de cobra, carne de gato e, uma suposta agenda de transformação que nos custou os olhos da cara e da porca vergonha.

Carta aberta de Alex Saab dirigida ao Presidente da Assembleia Nacional, Jorge Rodriguez

Esta Segunda-feira, 27 de setembro de 2021, o enviado especial Alex Saab, que foi nomeado membro da mesa de diálogo da Venezuela, enviou a seguinte carta ao presidente da Assembleia Nacional, Jorge Rodriguez.