Pub

passport08012015

Se tem passaporte cabo-verdiano saiba que pode viajar para 63 países do mundo sem precisar de visto ou com visto só na chegada. O de Portugal vai a 155 países e o da Espanha a 156. O passaporte dos EUA levam a 154 países.

De acordo com o Passaport Index, que elabora a lista dos passaportes mais poderosos do mundo, os cidadãos portadores de passaporte cabo-verdiano podem viajar para 63 países sem precisar de visto ou com visto só na chegada. Na verdade, o passaporte cabo-verdiano permite a entrada livre em 33 países, nos outros 30 é exigido o visto na chegada.

Por isso, Cabo Verde ocupa 64ª posição o ranking dos passaportes mais fortes, empatado com a Zâmbia, Tunisia e Indonésia, mas acima de grande parte dos países do continente africano, como Senegal, Nigéria ou Gana, e de todos os PALOP – o passaporte de Angola permite viajar sem visto para 47 países, o de Moçambique vai a 53, de São Tomé e Principe entra em 58 países e o da Guiné Bissau a 50 países.

Portugal, de acordo com essa lista, tem um dos passaportes mais fortes, estando no quinto lugar do ranking (vai a 155 países), uma posição que partilha com Luxemburgo, Suíça, Noruega, Bélgica e Áustria – a Espanha e  França duvidem o quarto lugar na Passaport Index, que é liderado pela Singapura (159 países), logo seguida pela Alemanha (158) e Suécia (157). Também em terceiro está a Coreia do Sul. Os EUA vêm no sexto lugar, com um passaporte que viaja sem visto para 154 países.

Este ranking é elaborado todos os anos pela empresa Arton Capital e classifica os passaportes pelo número de países em que se pode entrar sem visto ou com a possibilidade de pedir um visto na chegada.

Um estudo diferente da consultora Henley & Partners, o Visa Restrinctions Index 2017, coloca Cabo Verde na 73ª posição (63 países) e Portugal surge em sexto lugar ao lado do Canadá, Grécia e Suíça, com um passaporte que permite viajar para 171 países e territórios. No topo dessa lista está a Alemanha, que permite a entrada em 176 países e em segundo lugar está a Suécia.

As diferenças entre os dois rankings são explicadas pelo diferente número de destinos considerados - a Arton Capital considera 193 países membros das Nações Unidas e seis territórios (Taiwan, Macau, Hong Kong, Kosovo, Palestina e Vaticano), não incluindo como destinos os países que não emitem o próprio passaporte; já a Henley & Partners contempla 219 destinos, incluindo territórios como Porto Rico, Polinésia Francesa, Ilhas Virgens, entre outros.

Com DN

Comentários  

0 # Jdeus 30-10-2017 12:03
Visa free e à chegada só para os Países que não dizem nada à maioria dos Cabo-Verdianos.....
Responder
0 # Joao Mendes 27-10-2017 15:42
Quais sao os paises em que os caboverdeanos podem ir?
Responder
0 # badiu 27-10-2017 16:50
Está lá o link Passaport Index
Responder