Pub

Doze passageiros com destino à Cidade da Praia do voo TAP de quinta-feira, 05, que fez a ligação Lisboa-São Vicente, vão ter de regressar a Lisboa, na manhã de hoje, para dali seguirem para a ilha de Santiago.

Tal sucede porque, segundo contou à Inforpress uma passageira, que pediu para não ser identificada, os 12 passageiros tinham como destino final a Cidade Praia, contudo o atraso na saída do voo Lisboa-São Vicente, devido a “condições atmosféricas”, fez com que o avião da TAP chegasse a São Vicente “15 minutos depois da partida do voo doméstico” de ligação que os deveria levar para a ilha de Santiago.

“O problema é que, segundo nos explicou a companhia portuguesa, a única hipótese de voo São Vicente-Cidade da Praia, com lugares garantidos, seria na terça-feira, 10”, lançou a mesma fonte, explicando que, de imediato, os 12 passageiros colocaram essa possibilidade “fora de questão”.

A alternativa encontrada pela TAP, que alojou os 12 passageiros num dos hotéis da cidade do Mindelo, ainda segundo a mesma fonte, é levar os passageiros de volta a Lisboa no voo das 11:40 de hoje e ali, à noite, apanhar o avião que fará a ligação Lisboa-Cidade da Praia.

“Estamos a 45 minutos da nossa casa e vamos ter de gramar pelo menos mais sete horas de voo, ou seja perder mais um dia por falta de disponibilidade de lugares nos voos domésticos”, concretizou a passageira.

A agência Inforpress fez várias tentativas para contactar telefonicamente a representação da companhia aérea portuguesa no arquipélago, mas sem resultados.

Com Inforpress

Comentários  

0 # Daniel Carvalho 07-04-2018 22:06
Espera-se que seja um acontecimento pontual
e que não se transforme em moda.Algo não cheira bem!!! S ver vamos.
Responder