Pub
Por: Janira Hopffer Almada

A liberdade de imprensa é um dos valores fundamentais, dignos de consagração constitucional, no nosso País.

Um Estado de Direito Democrático que, ao longo dos anos, edificado à custa do esforço e do trabalho de muitos homens e mulheres, que souberam sabiamente criar as condições para a consolidação das instituições e a preservação de princípios e direitos fundamentais.

Muito trabalho foi feito, é muita entrega e empenho foram empregues, seja por parte dos poderes públicos, seja por parte dos Jornalistas e Órgãos de Comunicação, públicos e privados, seja por parte da Sociedade, no exercício da sua cidadania.

As conquistas de um Povo e de uma Nação são sempre fruto da entrega e do empenho! 
São sempre resultado de muitas lutas e de árduo trabalho e, como tal, pertencem em primeiro lugar ao Povo, no seu todo!

Em democracia, os Governos, escolhidos pelo Povo - sempre soberano - têm a responsabilidade de, com magnanimidade, não cederem a tentações momentâneas e a interesses outros, sob pena de, em pouco tempo, colocarem em causa ganhos de muitas gerações e que levaram anos a conquistar!

Hoje, no Dia em que deveríamos estar todos a comemorar a data, devemos reflectir se temos, de facto, razões para celebrar!

Apesar de Cabo Verde ter avançado muito neste item, graças à atitude dos jornalistas, ao quadro jurídico edificado, ao ambiente promovido e à conscientização do valor da liberdade de imprensa, é preciso estarmos atentos e alertas para os caminhos gravosos e tortuosos que começam a ser vislumbrados!

Os sinais dados, nos últimos tempos, pelo Governo, através do Ministério da Cultura, com a absoluta conivência do Chefe do Governo, causam preocupação!

Os alertas no Relatório produzido pelos Estados Unidos da América, apontando claramente a ingerência do Governo no Sector, provocam desassossego!

Os "escritos" de Personalidades, com responsabilidades, da actual "Situação" não podem, e nem devem, ser encarnados de ânimo leve!

Aos Jornalistas, aos Órgãos de Comunicação e aos diferentes intervenientes no Sector, as minhas maiores e mais calorosas saudações!

Se houver tempestades, elas devem ser enfrentadas com coragem e determinação por Todos!
É preciso continuar a assumir a liberdade como um valor imprescindível e a lutar para que a verdade seja livre!
Com tenacidade, convicção e resiliência!

Comentários  

0 # Vasco Gomes 05-05-2018 10:15
Com este comportamento, Santiago magazine está com os dias contados. Comentários respeitantes ao MPD e o governo de UCS são publicados imediatamente. Notícias contra o MPD são mantidas na página do rosto durante dias. No que diz respeito a Janira e ao PAICV ou não são publicados os comentários, ou as notícias são arquivadas horas depois. Podem continuar mas lembram que foram pesados e achados de falta na balança.
Responder