Pub

rei de marrocos

Convite foi feito ontem, 11, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, que foi a Rabat reforçar as relações diplomáticas entre os dois países e garantir o apoio de Cabo Verde à adesão de Marrocos na CPLP e na CEDEAO.

O Rei do Marrocos, Mohamed VI, estará em Cabo Verde, em visita oficial, no próximo ano. Ainda não está confirmada a data, mas segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luis Filipe Tavares, que formalizou o convite à sua Majestade em carta oficial, a deslocação de Mohamed VI ao arquipélago acontecerá já no próximo ano, antecedendo a visita de Jorge Carlos Fonseca a Marrocos programada para 2019.

O chefe da diplomacia cabo-verdiana fez este anúncio esta segunda-feira, 11, no término de uma visita de trabalho a Rabat, capital marroquina, onde discutiu os responsáveis diplomáticos daquele país do Norte da África a cooperação bilateral. Agricultura, cooperação judiciária, educação, turismo, desporto, investimentos e cultura são os sectores que deverão ser aprofundados nos próximos tempos.

O ministro aproveitou ainda para garantir ao Governo de Marrocos o apoio de Cabo Verde para a entrada daquele país na CPLP e na CEDEAO, cuja integração nessa comunidade regional deverá acontecer na cimeira de 16 de Dezembro em Lomé, Togo. De notar que Cabo Verde prepara a sua candidatura à presidência da CEDEAO em 2018. No caso da CPLP, há um pedido de Rabat para integrar o grupo dos países lusófonos e Cabo Verde, que vai assumir a presidência da organização no próximo ano, garante agora o seu apoio à entrada de Marrocos na Comunidade de língua portuguesa.

Comentários  

0 # António Mendes 14-09-2017 17:13
Compete ao MNE convidar ao rei de Marrocos a visitar Cabo Verde?
Responder