Pub

Não há ninguém como o Deus de Jesurum, que cavalga os céus para ajudá-lo, e cavalga as nuvens em sua majestade! (Dt 33.26)

Em nossa vida sempre é mais facíl aprender as coisas com a ajuda de um professor. Sem o auxílio de alguém experiente, como tocar bem um instrumento musical, dirigir um veículo, desenvolver um programa no computador, etc.? Diante de uma montanha difícil e alta, a maioria dos alpinistas amarra-se um ao outro para a escalada. O líder é um alpinista experiente e, se alguém cair, há um sistema de segurança: a ligação entre eles. Mas alguns resolvem partir sozinos. Exploram a vegetação, verificando cuidadosamente cada dificuldade da montanha com ajuda de guias impressos, mapas, bússola e muita tentativa e erro. Esses alpinistas também chegam ao topo, mas os acidentes e mortes são muito mais frequentes entre eles.

Em nossa vida precisamos de um conselheiro espiritual; alguém que nos ajude na caminhada da fé. Precisamos de conselheiros e amigos que estejam conosco nos momentos mais difíceis, nas tempestades e subidas da vida.

Pode parecer facíl andar sozinho por algum tempo, mas à medida que caminhamos poderemos tomar algumas decisões muito mais facilmente se buscarmos ajuda de um conselheiro. Muitos passam por grandes dificuldades e colhem frutos de decisões erradas por não pedirem ajuda antes de agir em determinadas situações.

Até mesmo os conselheiros e pastores precisam de ajuda. Existe um ditado entre os médicos que diz: " Um médico que cuida de si mesmo é atendido por um tolo". Se até pastores precisam de pastores, precisamos pensar bem em buscar ajuda em lugar de vivermos isolados tentando resolver tudo sozinhos. Claro que em primeiro lugar temos Deus como o nosso conselheiro fiel, aquele que nos ajuda em todo tipo de circunstâncias, mas Deus também levanta e capacita pessoas para nos ajudar.

Uma visão externa do nosso problema pode enxergar a melhor solução.

Comentar