Pub

Governar é antes de qualquer coisa servir. Servir o país. Servir as pessoas. Sobretudo em países que se dizem democráticos, onde transparência, responsabilidade, prestação de contas, e bem-estar coletivo assumem estatuto de palavras chaves. Quem gere os recursos públicos deve dar conta das aplicações e dos resultados. É um direito da nação e um dever dos poderes públicos.

olavo correia vs ulisses 

Quase todas as pessoas que dão alguma atenção às questões internacionais e do desenvolvimento já ouviram falar da Organização das Nações Unidas (ONU), ou simplesmente, Nações Unidas (NU), constituída por um conjunto de agências que tratam de áreas temáticas específicas, entre as quais, FAO, PNUD, OIT, UNICEF, etc. Há ainda uma agência que se ocupa em particular das questões da aviação civil internacional, conhecida por ICAO, a Organização da Aviação Civil Internacional, cuja sigla corresponde à designação em inglês, International Civil Aviation Organization.

É fundamental percebermos o lugar de topo que a ICAO ocupa na organização da aviação internacional para que possamos também perceber a razão porque a TACV/Cabo Verde Airlines continua em terra, ou seja, a não voar, quando há cada vez mais países que já o começaram a fazer.

Quais são as razões por que a TACV/Cabo Verde Airlines continua a não voar?

A situação da TACV/Cabo Verde Airlines é uma incógnita. Ninguém consegue entender o que é que se passa nesta que é uma empresa estratégica em qualquer país do mundo, mormente num país arquipelágico, com uma comunidade emigrada expressiva e uma economia atrelada ao turismo – os dados oficiais apontam que a remessa dos emigrantes representa 21 por cento do PIB e o turismo 25 por cento.

É necessário, pois, que o país tenha informações sobre a gestão dos recursos públicos, porque governar é antes de qualquer coisa servir. Servir o país. Servir as pessoas. Sobretudo em países que se dizem democráticos, onde a transparência, a responsabilidade, a prestação de contas e o bem-estar coletivo assumem estatuto de palavras chaves. Quem gere os recursos públicos deve dar conta das aplicações e dos resultados. É um direito da nação e um dever dos poderes públicos.

Assim, o silêncio do governo é inadmissível, porque violador dos princípios fundamentais do Estado de Direito e do exercício da função pública.

Quando o mundo começa a se movimentar, a TACV/CVA finge-se de morta – estará morta mesmo? – e o governo nem um pio. Muito menos a administração da empresa se digna sair à rua para dizer alguma coisa. Uma desculpa que seja, qualquer coisa!

Há duas notícias que deveriam servir de alerta para mais uma situação muito estranha que está a passar-se com os TACV/Cabo Verde Airlines. A primeira notícia revela-nos que a TAP acaba de anunciar que vai retomar os voos para a Guiné-Bissau a partir deste próximo sábado, dia 5 de setembro. A segunda notícia, mostra-nos que a companhia aérea Emirates já tinha anunciado que hoje, dia 3 de setembro, estaria a retomar as suas ligações com Dakar e Conakry, significando isto que Guiné-Conakry e Senegal já estão abertos ao mundo.

tacv2

tacv 1

Fonte: https://www.presstur.com/empresas---negocios/aviacao/tap-retoma-voos-para-a-guine-bissau-no-sabado/

Entretanto, se formos consultar a página dessa agência das Nações Unidas que faz a gestão mundial da aviação civil, a ICAO, constatamos que todos estes três países estão a baixo da posição que Cabo Verde ocupa no ranking deste organismo internacional que analisa o grau de “implementação efetiva” para as várias categorias abrangidas pelo seu “Programa de Auditoria de Supervisão de Segurança Universal”. A ICAO tem uma página interativa que permite a qualquer visitante selecionar e comparar países entre si. Comparamos Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné-Conakry e Senegal.

 tacv3.1

Fonte: Safety Audit Results: USOAP interactive viewer

https://www.icao.int/safety/pages/USOAP-Results.aspx?fbclid=IwAR0y5jZfI2T9d89gc3MnXyPY77MLm2crCLv9rV2CT3dXVOEK5HRiJJr_3iI

Ao analisarmos o gráfico resultante dessa comparação, constatamos que Cabo Verde está, nitidamente, à frente dos três demais países africanos selecionados para este exercício de comparação. Cabo Verde destaca-se em todos os itens considerados pela ICAO para a elaboração da sua avaliação, como o sejam, a legislação, a organização, o licenciamento, as operações, a aeronavagabilidade, a investigação de acidentes, os serviços de navegação aérea e os aeródromos. Mesmo que todos estes três países estejam a ocupar lugares abaixo de Cabo Verde, nota-se que a Guiné-Bissau e a Guiné-Conakry estão muito mais abaixo do que o Senegal, ou seja, estão a uma distância muito maior do nível que Cabo Verde já atingiu.

Estando todos estes três países a baixo de Cabo Verde, qual a razão por que a TACV/CVA não voa?

Tão simplesmente a TACV/Cabo Verde Airlines está em terra, sem voar, por uma razão inacreditavelmente óbvia: a TACV/Cabo Verde Airlines não tem nem sequer um único avião neste momento. Logo, uma companhia aérea sem aviões, não pode voar!

Assim, caem por terra todas as tentativas de atribuir todas as culpas à COVID-19, pandemia que foi sendo utilizada, desde o início, para tentar justificar o fracasso da gestão da companhia.

Os três últimos aviões continuam presos na Flórida. Quem diria que todo alarido que se fez com a chegada dos velhos aviões islandeses, os anúncios pombosos da excelente escolha de um parceiro estratégico para o desenvolvimento da aviação cabo-verdiana, e toda a conversa à volta do hub na ilha do Sal, quem diria que hoje estaríamos neste ponto em que a TACV/Cabo Verde Airlines continua em terra, sem voar, porque não tem aviões! O país precisa de respostas. 

https://www.icao.int/safety/pages/USOAP-Results.aspx?fbclid=IwAR0y5jZfI2T9d89gc3MnXyPY77MLm2crCLv9rV2CT3dXVOEK5HRiJJr_3iI

A direção

Comentários  

+1 # Victor Godinho 06-09-2020 10:39
Inconcebível que o Governo, só porque não tem uma resposta para a TACV/CVA, mantenha os aeroportos fechados, permitindo o "correr aéreo" só á TAP, originado a que esta pratique preços proibitivos. Depois depois do erro inconcebível fr cancelar os voos mais rentáveis da companhia Lisboa/Praia e Lisboa/S.Vicente, mantêm agora os aeroportos fechados com o argumento do COVID-19, quando a verdadeira razão é porque não têm explicação para dar pelo facto de não terem companhia aérea para mostrar aos Caboverdianos, devido ás dívidas á IATA e á falta de entendimento com os sócios Irlandeses.
Responder
+7 # PITABOLA 03-09-2020 18:24
- UM SER HUMANO FEITO À IMAGEM DE DEUS NÃO DEVE DEFENDER O MPD !

1.Porquê é que o mpd lançou tantas mentiras na sua campanha eleitoral de 2016 ?

2.Porquê é que o mpd, quando oposição, passou todo o seu tempo a ladrar mentiras para tentar denegrir o PAICV ?

3. Quem é o mpd ?

4.Que pretende, afinal, o mpd ?

São temas pertinentes que todos os caboverdeaos honestos devem procurar conhecer ao fundo !

- I -

- O primeiro-ministro sabe que o engano, como ato de enganar alguém, premeditamente, é uma fraude, um dolo, um crime de burla qualificada. Então está claro : este governo é uma autêntica fraude ! É efeito de uma causa criminosa ! É como a falsificação das marcas ou de produtos industrializados. É um embuste, um golpe à consciência dos inocentes ; uma defraudação completa, falcatrua, ardil, batota, pelo que qualquer pessoa inteligente, sabida, não deveria estar ali,com focinho de arrogância, com fanfarradas, ultrajando e insultando os outros que ousam criticá-lo .

-II -

- Ulisses e os seus capangas políticos nunca interessavam Cabo Verde para governar. Interessavam Cabo Verde, sim, para se enriquecerem e enriquecerem o seu partido! Está visto hoje, mais do que nunca, à vista desarmada àqueles que nunca quiseram acreditar. Se quiserem exemplos, temo-los em todas as máquinas da Administração Pública, Serviços diplomáticos, instituições públicas e estatais,etc, vigorosamente partidarizadas até ao pescoço. Mas aqui não se obdece aos criterios de princípios de meritocracia, mas a prevalescência de nepotismo cada vez mais exacerbado, de afilhadismo e amiguismo próximos da ventoinha, corrupção desembestada, de quem pode mais .
Afim de poder manter o caminho livre,sem estorvo, este mesmo mpd de Ulisses foi quem rejeitou implacavelmente, no Parlamento, a proposta da lei que visava o combate à corrupção sobre várias formas, nomeadamente a nivel das instituições. As consequências dessas atitudes de praxe perniciosa, do mpd, têm estado a conduzir Cabo Verde para precipícios suicidas, isto é, extremamente perigosos, sem precedentes, em todas as fases da sua história.

- III -

- A corrupção é uma doença endémica muito peculiar no mpd, que vem grassando moralmente este movimento desde a década de 90. As suas cicatrizes deixadas por essa endemia, a mais célebre é o desvio de 2 (dois) milhões de dólares da ENACOL, cujo paradeiro constitui um mistério mais intrincado e impenetrável, conhecido até aos dias de hoje ! Os arquitétos que planearam esse roubo, são dos artífices mais engenhosos na história da máfia atlântica ! Pela sua celebridade, esses mafiosos, oficialmente desconhecidos, merecem, sem dúvida, o nosso respeito ( no sentido irónico).

- IV-

- Este governo, liderado por Ulisses C. e Silva, já tem cerca de 5 anos a tricotar mentiras de toda a ordem e a manufaturar promessas por não ter sabido fazer outra coisa, aproveitando, desta forma, para queimar o seu mandato. É um somatório de prejuizos incalculáveis para Cabo Verde que, para ser resgatado, são necessárias várias dezenas de anos de trabalho ! Pelos vistos, o mpd de Ulisses, vai deixar Cabo Verde, até 2021, de pernas para o ar como codorniz churrascado e desfundilhado como um frangalho se gasalho !

-V -

- O mpd de Ulisses é, inegavelmente, o vírus mais perigoso na história de Cabo Verde !!!!

Obrigado.
Responder
+7 # JOSÉ GONÇALVES/EX 03-09-2020 17:11
Pau que nasce torto, tarde ou nunca se endereita. Eu disse variadíssimas vezes ao casmurro Olavo Correia, no conselho de ministro de que esse negócio não tinha pés para andar e CONFIRMA-SE.
Responder
+3 # Manuel Miranda 03-09-2020 15:27
Aquilo nasceu torto e vai morrer torto
Responder
+2 # Daniel Carvalho 03-09-2020 14:43
"Quem gere os recursos públicos deve dar conta das aplicações e dos resultados. É um direito da nação e um dever dos poderes públicos."Bem dito. Mas, e depois?
Responder
+3 # Paulo Jorge Fortes É 03-09-2020 13:58
Não devem esquecer dos 11 boings ate Dezembro de 2018, prometido publicamente pelo primeiro Ministro UCS e OCS, confirmado pelo poeta FREIRE.
Responder
+8 # Atum Bedjo 03-09-2020 12:54
A resposta será dada no dia 25 de Outubro de 2020.
Responder
+3 # Augusto Mendes 03-09-2020 12:26
Essa situação está de mal a pior, o MPD mostra assim que não está preparado para governar...E assim não merece o segundo mandato!
Responder
+7 # Atento 03-09-2020 09:54
O Povo está ciente e no dia 25/10 o governo vai ter a primeira resposta.
Responder
+8 # Chiku 03-09-2020 09:19
Sempre assim, nos anos 90 também não conseguiam pagar os salários a ninguém. Verdade ou mentira? Quem já trabalha nos anos 90 sabe muito bem disso. Tenho dito!
Responder
+7 # Chiku 03-09-2020 09:16
Estão a arrebentar com este país, conforme havia gritado dentro do parlamento uma tal de[censurado]da. Este prolongamento de estado de calamidade na ilha de Santiago e Sal constitui mas um caso de desorientação deste governo. Cabo Verde vai ficar des rastos com esta medida que não vem em nada ajudar no combate ao covid-19. Todos os países estão a abrir os espaços aéreos e Cabo Verde, um país pobre anda na teimosia. O MPD, vai entregar o país completamente acabado. Paxenxa na mundu! Governo sem visão, sem estratégia, sem nada. Resumindo um governo caloiro desde anos noventa.
Responder
+11 # Penatxon 03-09-2020 09:16
TACV/CVA
DEPOIS DAS ÚLTIMAS CRÓNICAS DE UMA MORTE ANUNCIADA, COMEÇARAM AS PRIMEIRAS CRÓNICAS DE UMA MORTE CERTA.
Responder
+7 # Emanuel Nunes 03-09-2020 08:38
Pois é! São tais respostas que o país e os caboverdeanos precisam saber para compreenderem.
Responder
+11 # Gonçalo Amarante 03-09-2020 08:14
Todo o cidadão consciente sabe que algo de mal se passa que isto não pode continuar assim. Mas, onde estão os nossos aviões? Nesta Terra os governantes não têm contas a prestar? Fazem e desfazem de tudo a bel-prazer de seus apetites. Porquê, que os cidadãos desta Terra, devidamente organizados, falando a mesma língua, não apresentem o seu descontentamento à Justiça, para tomada de medidas e procedimentos legais? Isto cheira mesmo mal! Valha-nos Deus!...
Responder
+9 # tacvdinos 03-09-2020 07:34
Acrescenta se ainda que os trabalhadores ja estao 3 meses sem receber o salario
Responder
+2 # Carlos tinho 03-09-2020 16:27
Eu só queria perguntar ao sr.vice primeiro ministro para qdo vai ser retomado,o voo Paris Cabo Verde.
Nós Emigrantes estamos todos ansiosos.
Nada de desculpa com o vírus 19.
Responder