Pub

Depois de dois dias de debate na especialidade, o Orçamento do Estado (OE) para o ano económico 2018 foi aprovado hoje, 13, na globalidade pelo Parlamento cabo-verdiano.

De acordo com o Ministro das Finanças, Olavo Correia, o Governo deverá focar-se agora no crescimento económico, geração de emprego e rendimento para as famílias, além da criação de um bom ambiente de negócio para que as empresas.

“Temos que avançar para uma reforma do sistema empresarial do Estado, nos mais diversos domínios, criando soluções para os transportes aéreos e os marítimos. Também temos que melhorar a eficiência na governação, seja no plano central como no plano municipal. Só assim poderemos criar as condições para que o país cresça, avance e possamos ter a as ilhas desenvolvidas”, afirmou Olavo Correia.

O PAICV nos últimos dias declarou-se “deveras preocupado, enquanto oposição democrática e responsável”, por considerar que o orçamento para 2018 não traz um reforço nos programas de investimento para apoiar as camadas mais vulneráveis da sociedade.

 Contrapondo as críticas da oposição, Correia reafirmou hoje que o OE de 2018 reflecte o programa do Governo e disse ser preciso mudanças para promover o crescimento.

“Como se sabe, herdamos um país difícil, empresas públicas falidas, uma Administração Pública não adaptada ao contexto atual e às exigências do mundo moderno. Também, herdamos um país em que o acesso ao financiamento era muito difícil, as empresas enfraquecidas, com baixa capacidade para empreender, para inovar e exportar. Estamos a empreender reformas necessárias para que o país cresça”, garantiu.

Comentários  

0 # Moises Leão 18-12-2017 22:13
Ver para crer.
Responder