Pub

 embaixada

A Embaixada do Brasil em Cabo Verde e o Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) lançam hoje, terça-feira, pelas 17h30mn a programação cultural paralela à exposição “A Língua Portuguesa em Nós” na sede do IILP, no Plateau.

Segundo uma nota de imprensa chegada à redacção de Santiago Magazine “a agenda paralela à exposição “A Língua Portuguesa em Nós” irá movimentar a sede do IILP, no Plateau, com uma programação cultural que se estenderá do dia 19/06 ao dia 27/07, período no qual a mostra estará aberta à visitação do público em geral”.

A mesma nota acrescenta que “Palestras, lançamentos de livros, exibição de filmes, apresentações teatrais e musicais compõem o calendário de actividades, com destaque para as conferências a serem proferidas pelo Presidente da Academia Cabo-Verdiana de Letras, Dr. David Hopffer Almada, e pelo Presidente da Academia Brasileira de Letras, Dr. Marco Lucchesi”.

A apresentação oficial da programação cultural completa, às 17h30mn de hoje, será seguida pelo lançamento do livro “O homem do leme”, do escritor e jornalista português Manuel Halpern.

Trata-se de uma obra que “apresenta a visão do autor sobre a Era da Informação, a partir de 20 crônicas – selecionadas entre as mais de 500 publicadas pelo jornalista, desde 1998, no Jornal de Letras, Artes e Ideias”.

O lançamento da agenda cultural da exposição será feita pelo Embaixador do Brasil, José Carlos de Araújo Leitão, e terá a presença de alguns dos autores e artistas escalados para a programação, que contará, entre outros, com o grupo teatral cabo-verdiano FladuFla e com o cantor português Zé Perdigão.


Ainda a referida nota informa que “desdobrada do Museu da Língua Portuguesa, actualmente em reconstrução em São Paulo, a exposição “A Língua Portuguesa em Nós” é uma iniciativa do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, em parceria com o Instituto Internacional da Língua Portuguesa, o Governo do Estado de São Paulo e a Fundação Roberto Marinho”.

A programação cultural paralela conta ainda com o apoio do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.

                  

Comentar